Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O Atlético não foi brilhante, mas mostrou eficiência para manter o tabu de nunca perder para o São Paulo na Arena da Baixada e derrotou os paulistas por 1 a 0, em Curitiba, neste domingo (18) . O nome da vitória Rubro-Negra foi o meia-atacante Pablo, que mais uma vez mostrou poder de decisão e marcou o gol da vitória aos 34’/2° – foi o quinto gol do jogador no Brasileiro, artilheiro do Atlético no Brasileiro.

LANCE A LANCE: Confira como foi a partida entre Atlético e São Paulo

TABELA: Confira a classificação da Série A

Veja o gol que reforçou a freguesia do São Paulo na Arena da Baixada

Leia a matéria completa

O resultado manteve o bom retrospecto atleticano diante do São Paulo na Arena da Baixada. Agora são 15 jogos na Arena, com 11 vitórias atleticanas e quatro empates.

Com a vitória, o Furacão subiu para a 7.ª posição, com 39 pontos e na próxima rodada enfrenta a Ponte Preta, domingo (25), na Arena da Baixada.

O jogo

Numa partida morna, o Atlético tentou se impor em campo e deu trabalho para o goleiro Denis já no primeiro tempo, na boa cabeçada de Thiago Heleno, aos 12 minutos, e no chute de Pablo de fora da área, aos 36. A melhor chance são-paulina foi com o argentino Chávez, que exigiu boa defesa de Weverton.

Na etapa final, o Atlético teve maior organização no meio-campo após a entrada de Luciano Cabral e quase abriu o placar aos 29 no bom toque de Cabral para Juninho, que Denis espalmou. O gol saiu aos 34. No cruzamento de Léo, a bola sobrou para Pablo concluir para o fundo das redes e marcar o gol da vitória.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Furacão recebe a Ponte Preta, no próximo domingo (25), às 11 horas, na Arena da Baixada. No meio de semana, porém, o Rubro-Negro enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, pela Copa do Brasil, no jogo da volta. Na ida, o Atlético foi derrotado por 1 a 0.

Craque

Pablo

Mostrando mais uma vez seu poder de decisão, o meia marcou o gol que garantiu a vitória e se consagrou como artilheiro atleticano no Brasileiro.

Bonde

Kelvin

Foi uma peça nula em campo, não conseguindo armar as jogadas para Chávez no ataque são-paulino.

Guerreiro

Luciano Cabral

Entrou no segundo tempo e teve boa participação em campo, armando as jogadas e sendo a peça de conexão para o ataque do Atlético.

Chave do Jogo

Foi um jogo de paciência e oportunismo. O Atlético trabalhou bem a bola, pressionou o São Paulo e encontrou o gol no faro de gol de Pablo, que marcou pela quinta vez no Brasileirão e garantiu a vitória atleticana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]