Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Amistoso

Em jogo morno, Paraná vence com tranquilidade o River Plate-URU na Vila

  • Moreno Valério
O atacante Thiago Santos entrou no segundo tempo e deixou o dele na rede do goleiro uruguaio. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
O atacante Thiago Santos entrou no segundo tempo e deixou o dele na rede do goleiro uruguaio. Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Paraná segue na sequência de preparação para o retorno à Série A e bateu o River Plate-URU na noite desta quinta-feira (12) por 2 a 0, em amistoso disputado na Vila Capanema. O jogo serviu para dar ritmo para a partida da próxima quarta-feira (18), em que o Tricolor viaja a Salvador para encarar o Vitória, pela 13.ª rodada do Brasileirão.

>> TABELA BRASILEIRÃO 2018: confira os resultados e próximos jogos

Em uma noite fria, o jogo pouco esquentou os quase 2 mil torcedores presentes na Vila. O Paraná controlou a maior parte das ações e pouco sofreu durante os 90 minutos. A falta de ritmo de jogo foi percebida no começo do confronto, com alguns erros de passes e decisões ansiosas por parte dos atletas. Sentimento que foi diminuindo ao longo da primeira etapa.

Aos 35 minutos, Alex Santana fez boa jogada iniciando o contra-ataque, invadiu a área e chutou. No rebote, Raphael Alemão marcou. Foi o primeiro gol dele com a camisa paranista – o jogador estava contundido desde a terceira rodada da Série A.

Na segunda etapa, a equipe visitante trocou todos os jogadores com exceção do goleiro. Os donos da casa fizeram apenas duas no intervalo. E uma delas deu resultado logo de cara. Thiago Santos entrou no lugar de Léo Itaperuna e aos 6 minutos marcou o gol que selou a vitória paranista.

Em jogo marcado por diversos testes, ao todo 44 jogadores entraram em campo na Vila Capanema, somando as duas equipes. O Paraná desfilou diversos nomes já conhecidos pela torcida que pouco foram vistos até a pausa da Copa, como Alex Santana, Charles e Baez, por exemplo. Teve até estreia, do atacante Rodolfo, que entrou no intervalo no lugar de Silvinho, mas teve uma atuação discreta. Já Nadson, que era esperado atuar pela primeira vez nesse retorno ao Tricolor, nem no banco de reservas ficou.

Veja imagens do jogo:

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Paraná x River Plate-URU

***

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE