i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Revelação

Giuliano comemora momento na Arábia e torce para o Paraná voltar à elite

  • PorDiogo Souza
  • 12/04/2020 15:03
Há 13 anos, Giuliano estreou no futebol profissional.
Há 13 anos, Giuliano estreou no futebol profissional.| Foto: Giuliano Gomes/Arquivo/Gazeta do Povo

Há exatos 13 anos, o curitibano Giuliano estreava no time profissional do Paraná. Uma das últimas grandes revelações do Tricolor, o meio-campista tinha 17 anos quando foi lançado pelo técnico Zetti no clássico contra o Coritiba, na Vila Capanema. Na ocasião, o meia entrou no segundo tempo no lugar de Joelson, mas não conseguiu evitar a derrota do Paraná por 3x1.

De lá pra cá, Giuliano colecionou conquistas, chegou à seleção brasileira e hoje é referência na meiuca do Al Nassr, da Arábia Saudita. Desde 2018 no clube, o meia ressaltou o seu desempenho nos últimos anos em entrevista exclusiva à Tribuna do Paraná/Gazeta do Povo.

"É o meu segundo ano na Arábia. Estou muito bem adaptado, fomos campeões e estamos brigando pelo título novamente. Foram dois anos muito bons e espero que isso se mantenha", disse o curitibano, que tem mantido uma rotina diferente de treinamentos.

Por conta da pandemia do coronavírus, os campeonatos sauditas também foram paralisados. Com isso, o ex-Paraná segue isolado com a sua família em Riade. "Aqui na Arábia Saudita, o pessoal está tentando tomar as medidas necessárias para que o vírus não se espalhe. Nós estamos com toque de recolher aqui no condomínio onde moro. Não é permitido que crianças e idosos saiam na rua. A gente espera que possamos colher os resultados. Mas, é uma situação complicada, pois depende do bom senso das pessoas", frisou o jogador.

Carreira e conquistas

Quando ainda estava no Paraná, Giuliano chegou a ser convocado para as categorias de base da seleção brasileira. O meia foi campeão sul-americano e mundial. Mais tarde, o curitibano também participou da equipe principal em alguns amistosos.

Apesar de distante do Tricolor, o meio-campista tem rendido um bom dinheiro ao seu clube de origem graças às transferências pelo futebol estrangeiro. Giuliano foi vendido do Paraná para o Internacional em 2009. Na sequência, fez carreira na Ucrânia ao vestir a camisa do Dnipro por três temporadas e meia.

O curitibano retornou ao futebol brasileiro em 2014 para defender o Grêmio. Dois anos depois foi vendido ao Zenit, da Rússia. Antes de chegar ao Al-Nassr, Giuliano ainda jogou pelo Fenerbahçe, da Turquia.

Em todos esses 13 anos de carreira profissional, o meia ainda levantou os títulos do Gaúcho e Taça Suruga, em 2009, Taça Libertadores, em 2010, sendo eleito ainda o melhor jogador da competição. Por fim, vieram ainda os títulos recentes da Super Taça e Liga da Arábia Saudita nas últimas temporadas.

De longe, o meia lembra com saudosismo do Paraná e destaca que torce para que o clube volte à elite do futebol brasileiro. "Tenho acompanhado muito pouco o Paraná. Mas, é um time que eu sempre torço, tenho um carinho especial, pois é o clube que me revelou. Espero que o clube esteja bem e almeje chegar à primeira divisão novamente", concluiu.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.