i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ação Inovadora

Fundação Copel investe em app de teleconsulta e pagamento de remédios para beneficiários

  • PorVivian Faria, especial para GazzConecta
  • 09/10/2020 08:00
Fundação Copel investe em app de teleconsulta e pagamento de remédios para beneficiários
| Foto: Divulgação

Tornar mais simples o caminho que os cerca de 40 mil beneficiários do plano de saúde da Fundação Copel fazem quando buscam atendimento médico. Este é um dos objetivos do aplicativo Você no Controle, desenvolvido durante a pandemia pela Connecty Pay em parceria com a entidade e prestes a ser disponibilizado para os usuários do serviço. “Estamos facilitando o uso do plano de saúde. As consultas podem ser feitas via videoconferência, o valor pode ser reembolsado digitalmente, o aplicativo pode fornecer as informações clínicas do paciente servindo até de prontuário”, afirma o presidente da Fundação Copel, Marcos Domakoski.

Exceto pela parte que diz respeito ao atendimento médico remoto, que ainda não era permitido no país, as inovações contidas no app estavam sendo planejadas antes da chegada da Covid-19 ao Brasil. A disseminação da doença e o isolamento social necessário para preveni-la aceleraram a digitalização dos serviços, que primeiro foram oferecidos em uma plataforma online e a partir de outubro podem ser feitos via aplicativo.

Isso significa que quem adere ao plano de saúde da fundação e precisa de atendimento médico, pode marcar a consulta pelo app e até realizá-la remotamente por meio dele - as chamadas teleconsultas. Se o médico pedir exames, eles também podem ser agendados no aplicativo. Caso ele receite algum remédio, a receita também será gerada ali e assinada digitalmente pelo profissional.

A partir disso, o usuário pode ir a uma farmácia conveniada ao plano para obter o medicamento ou pedi-lo no próprio app para ser entregue em casa - isso tudo sem tirar a carteira do bolso: a conta vai direto para a Fundação Copel, que cobre de 50% a 100% do valor dos remédios adquiridos por seus beneficiários e cobra a parte deles na folha de pagamento dos funcionário da Copel, junto com a mensalidade do serviço. Pagamentos de coparticipações e eventuais reembolsos são registrados e acertados da mesma forma - e tudo é anotado no Você no Controle, como em um extrato bancário.

“Por isso estamos chamando de conta digital em saúde, porque tudo vai ficar gravado como se fosse um aplicativo de banco, numa carteira digital. Então, eu chego na farmácia e, por meio do meu CPF, consigo ter acesso à medicação. Não vou precisar de papel, porque todas essas transações são automatizadas”, explica o gerente de projetos e competitividade da entidade, Glewerson Caron.

Dinheiro de volta - e na previdência

Outro tipo de transação que será facilitada pelo app será o cashback, ou seja, a devolução de parte de valores gastos em estabelecimentos conveniados à Fundação Copel e à Connecty Pay. A prática é adotada pela entidade desde 2017 e associada a outro serviço prestado por ela: o de plano de previdência.

Funciona assim: quem tem um plano de previdência e compra um produto ou serviço em uma empresa parceira - que pode ser do ramo da saúde, integrando planos de previdência e saúde - recebe de volta parte do valor, que é aplicado diretamente na previdência do beneficiário. O sistema é chamado Prevcash. As novidades são que o Você no Controle anota todas as compras e cashbacks, facilitando a gestão desses valores pelo usuário, e permite o pagamento a estabelecimento conveniados por meio de cartões de crédito e QR Code.

Além de desenvolver o aplicativo, a Connecty Pay, que já trabalhava com cashback e outras soluções de pagamento antes da pandemia, integrando a telemedicina e as receitas digitais ao seu rol de serviços a partir dela, usou sua expertise para garantir a segurança dos dados que serão gravados nele. “Por sermos uma empresa de meios de pagamento, exigem da nossa empresa que tenhamos uma certificação chamada PCI Compliance, então seguimos uma série de normas que garantem segurança e já estamos atendendo às regras da Lei Geral de Proteção de Dados”, diz o CEO da startup, Rafael Belon.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.