i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Futuro da mobilidade

Alunos da Unicamp vencem prêmio global com app que simula viagem do Rio ao Canadá em carro elétrico

  • PorMaria Clara Dias, especial para o GazzConecta
  • 22/12/2020 15:27
Equipe EcoCar Unicamp venceu competição mundial da Shell por planejar viagem em carro elétrico do Rio de Janeiro até Toronto com a ajuda do app EcoTrip
Equipe EcoCar Unicamp venceu competição mundial da Shell por planejar viagem em carro elétrico do Rio de Janeiro até Toronto com a ajuda do app EcoTrip.| Foto: Reprodução/EcoCar Unicamp

Viajar entre continentes causando impacto mínimo ao meio ambiente. Esse era o grande objetivo de uma equipe multidisciplinar de estudantes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que criou um aplicativo para tornar mais fáceis viagens feitas por veículos elétricos - e que acabou ganhando uma competição global de engenharia.

O grupo de estudantes venceu o prêmio de melhor projeto no desafio internacional da mobilidade e inovação da Shell Pitch the Future, na categoria “veículos elétricos e viagens de longa distância”. Para isso, o time EcoCar Unicamp planejou uma viagem em veículo elétrico do Rio de Janeiro até Toronto, no Canadá, com a ajuda de um aplicativo: o EcoTrip.

O projeto funciona como uma espécie “GPS consciente” que mapeia as rotas mais eficientes para que o motorista consiga escolher o melhor trajeto para concluir a viagem, levando em conta a distância, o tempo e a compensação de carbono de cada trajeto. Para isso, o app leva em consideração os padrões de eficiência de todos os veículos elétricos do mercado brasileiro.

Em tese, o motorista faz o cadastro do veículo no aplicativo informando marca e modelo, para que o app possa mapear os postos de carregamento ao longo do caminho que são compatíveis com o carro.

“Queríamos mostrar que os usuários podem deixar claras as suas preferências: distância, tempo de viagem ou o impacto no meio ambiente”, conta Luiza Moura, estudante de comunicação social integrante da equipe Ecocar.

Destaque internacional

Mais de 130 equipes do mundo inteiro se inscreveram para um ou mais desafios do Pitch the Future. Foram mais de 300 propostas para os quatro desafios da competição, das quais 73 eram relativas às viagens elétricas. Entre os quatro desafios, 13 foram selecionados como os melhores de cada região e avançaram para a etapa global. O EcoTrip venceu nas duas etapas.

Nas edições anteriores, a equipe criou protótipos de carros elétricos. Com a pandemia, no entanto, a competição migrou o para o ambiente online e a proposta foi pensar em como tornar a mobilidade elétrica em algo comum e como viabilizar um futuro mais sustentável usando a infraestrutura já existente.

Em edições anteriores da competição de engenharia da Shell, equipe de Campinas da Ecotrip desenvolveu protótipo de veículo elétrico.
Em edições anteriores da competição, equipe da Ecotrip desenvolveu protótipo de veículo elétrico (foto).| Divulgação

Unir inovação, sustentabilidade e tecnologia continuará sendo uma meta para a EcoCar Unicamp, que usará o valor de R$ 7 mil do prêmio para investir ainda mais nos projetos de mobilidade e carros elétricos da universidade.

Foco na sustentabilidade

Vinícius Rodrigues, estudante de engenharia mecânica que também faz parte da equipe Ecocar, explica que o grande diferencial do EcoTrip frente a outros aplicativos de mobilidade é a priorização do impacto ambiental e dos menores níveis de poluição possíveis. Para conseguir chegar a isso, o aplicativo traz uma análise não apenas da localização dos pontos de recarga, mas também de quanto carbono é necessário para gerar a energia elétrica que move o veículo.

A energia que abastece a cidade onde fica cada ponto de recarga também é analisada. “O motorista pode entender se a cidade onde fica o ponto de recarga que ele vai usar é abastecida por energia elétrica renovável ou de se é de uma usina termoelétrica, por exemplo. Assim, ele pode mostrar a sua preocupação ambiental com as suas emissões”, diz Rodrigues.

“A prioridade da EcoTrip é valorizar os pontos de recarga que são abastecidos por energias renováveis, e é aí que estivemos próximos do objetivo da Shell, que é também a redução das emissões de carbono no mundo”, pontua.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.