i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Amazon One

Amazon lança sistema para pagamentos digitais que usa apenas a palma da mão

  • PorMariana Ceccon, especial para o GazzConecta
  • 06/10/2020 09:22
Amazon lança sistema para pagamentos digitais que usa apenas a palma da mão
| Foto: Divulgação/Amazon

A Amazon está testando desde a última terça-feira (29) em duas lojas físicas em Seattle (EUA) um novo sistema capaz de aceitar pagamentos através da leitura digital da palma das mãos dos clientes. A inovação, batizada de Amazon One, foi anunciada no blog da empresa pelo vice-presidente de varejo físico e tecnologia da companhia, Dilip Kumar.

De acordo com a publicação oficial, a intenção é que o leitor seja usado não apenas para viabilizar pagamentos, como também permitir acesso mais ágil a locais como estádios, além de substituir cartões fidelidade e crachás.

A empresa explica que, usando algoritmos e hardware personalizados, o Amazon One leva em consideração vários aspectos da palma da mão para criar a assinatura exclusiva de uma pessoa. É preciso associar um cartão de crédito a esta imagem digital no primeiro uso. No entanto, a Amazon esclarece que os registros da palma não ficam armazenadas nos dispositivos físico e sim criptografadas e enviadas para uma área na nuvem.

| Divulgação/Amazon

"O reconhecimento da palma da mão é considerado mais privado do que algumas alternativas biométricas porque não é possível determinar a identidade de uma pessoa olhando para a imagem da palma da mão. Também requer que alguém faça um gesto intencional, colocando a palma da mão sobre o dispositivo a ser usado", escreve o vice-presidente da Amazon.

"E é sem contato, o que acreditamos que os clientes irão apreciar, especialmente nos tempos atuais. Em última análise, o uso do palm como identificador biométrico coloca os clientes no controle de quando e onde usam o serviço", explica o executivo.

Apesar de não terem uma data oficial de lançamento, a multinacional informou na publicação oficial que espera disponibilizar os dispositivos em outras lojas Amazon nos próximos meses. "Acreditamos que o Amazon One tem ampla aplicabilidade além de nossas lojas de varejo, então também planejamos oferecer o serviço a terceiros, como varejistas, estádios e prédios de escritórios, para que mais pessoas possam se beneficiar desta facilidade e conveniência em mais lugares", acrescenta Kumar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.