A plataforma de hospedagem Uotel, passa a fazer parte dos serviços oferecidos pela Loft.
A plataforma de hospedagem Uotel, passa a fazer parte dos serviços oferecidos pela Loft.| Foto: Divulgação/Loft

A Loft, unicórnio brasileiro que atua no mercado de imóveis, acaba de anunciar a aquisição de Uotel, startup especializada na administração de apartamentos padronizados. O acordo foi fechado em maio e não teve seu valor revelado.

A  Uotel é uma plataforma de hospedagem que aluga apartamentos de 20 a 35 metros quadrados, padroniza os imóveis com design moderno e, por meio dessa plataforma, hospeda clientes. O foco é atrair hóspedes interessados em estadias de curto e médio prazo, de forma semelhante ao Airbnb.

Fundada em 2016 pelos sócios Thomaz Guz e Fabio Bertini, a startup tem 230 imóveis disponíveis para locação em São Paulo. Até o fim do ano, 400 unidades devem ser adicionadas ao portfólio da empresa. A execução e gestão seguirão a cargo dos fundadores, que passaram a integrar o time Loft.

“Esse é o primeiro passo para transformar nossa visão de freedom living em realidade, ou seja, a ideia de que a Loft facilita a realização dos desejos de mudança do nosso cliente durante sua vida - do curtíssimo ao longo prazo, desde que ele sai de casa pela primeira vez, passando por transferência de trabalho, casamento, filhos, e renovação de ciclos”, disse Mate Pencz, co-CEO e fundador da Loft.

A Uotel opera em um modelo híbrido de negócios, estabelecido entre os serviços de um hotel tradicional e o Airbnb. Os hóspedes podem fazer a reserva por meio do site da empresa ou em plataformas como Expedia e Booking.com. “Criamos uma plataforma que une o que há de melhor nesses dois mundos. De um lado, temos os serviços, segurança e padrão de qualidade de um hotel; de outro, o custo benefício e uma experiência autêntica do Airbnb, em que o cliente tem aquela sensação de estar em casa", garantiu Guz, da Uotel.