Rodrigo Maroja, Rafael Vasto e Alex Bretzner, fundadores da Daki.
Rodrigo Maroja, Rafael Vasto e Alex Bretzner, fundadores da Daki.| Foto: Gabriel Reis

A startup Daki anunciou nesta terça-feira (20) a captação de um investimento no valor de US$ 170 milhões. A rodada de série A foi liderada pelo fundo de investimento Tiger Global, GGV Capital e Balderton Capital. O aporte deve impulsionar as operações da startup no Brasil e no exterior através de contratações e melhoramentos na plataforma.

A empresa foi fundada em janeiro de 2021 por Alex Bretzner, Rafael Vasto e Rodrigo Maroja, com o propósito de entregar uma experiência de delivery rápida e digital. Hoje, a Daki realiza entregas de mercado em domicílio em até 15 minutos. A agilidade é possível por conta do modelo da operação, chamado de dark stores, centros de distribuição com raio de entrega reduzido a poucos quilômetros.

Atualmente, o grupo está presente em Nova York (EUA), Cidade do México (México), Bogotá (Colômbia), Lima (Peru), Varsóvia (Polônia) e Viena (Áustria). No Brasil, a Daki já possui 10 dark stores em São Paulo.