Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Equipe CapTable, responsável pela pesquisa.
Equipe CapTable, responsável pela pesquisa.| Foto: Israel Baruk/CapTable

Startups que desejam receber investimentos precisam ter um modelo de negócio sólido e inovador, que resolva dores do mercado. Este foi o resultado do estudo da CapTable que traçou o perfil dos investidores em startups do Brasil e os aspectos mais valorizados ao investir em uma empresa de base tecnológica.

O objetivo da pesquisa é descrever o que mais influência a tomada de decisão dos investidores nos negócios. O estudo "Perfil do Investidor em Startups 2021" ouviu 333 investidores ativos, que aportam regularmente em startups.

Entre os critérios mais relevantes para investir em startups estão o modelo de negócio eficaz (88%), escalabilidade (76%), time de empreendedores eficientes (61%), além do impacto social que a solução promove (40,84%).

A pesquisa revelou também que para 77% dos investidores é extremamente importante poder participar e ajudar as startups que investem.

Na visão de Guilherme Enck, cofundador da CapTable, “o empreendedor precisa mostrar, mais do que nunca, que seu negócio tem um modelo que funciona e que é inovador para o mercado. Os investidores estão dispostos a fazer aportes, mas precisam sentir firmeza no modelo de negócio da startup. Traçar planos e metas reais faz toda a diferença na hora do investidor decidir ou não aportar seu capital naquele negócio”, explica.

Ainda segundo o estudo, as principais dúvidas ou inseguranças dos investidores ao aportar uma empresa são a falta de informação (55,25%), pouca qualificação da equipe (45,34%), e o risco de perder capital (42,64%).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]