Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O World Smart City Awards, maior premiação de cidades inteligentes do mundo.
O World Smart City Awards, maior premiação de cidades inteligentes do mundo.| Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo

Com seu plano de retomada econômica pós-pandemia, Wuhan foi a vencedora na categoria Retomada Econômica, do World Smart City Awards, maior premiação do mundo para cidades inteligentes.

Curitiba foi finalista do ranking ao lado de cidades como Londres (Reino Unido), Manizales (Colômbia), Santiago (Chile), Toronto (Canadá) e da vencedora Wuhan.

Para Eduardo Pimentel, vice-prefeito de Curitiba, participar da final da premiação é motivo de honra "pois o foco da categoria que concorremos é a inovação na retomada econômica. Nós nos preocupamos muito, além do combate a pandemia na área da saúde, com o auxílio ao micro e pequeno empreendedor, com várias ações que fizemos como o fundo de aval, e o programa Recupere Já, em parceria com o Sebrae. Estar entre os finalistas coroa nosso trabalho de cuidado aos empreendedores, que foram uma das categorias que mais sofreram. Nossos concorrentes não foram fáceis, como Londres e Wuhan”, comemora o vice-prefeito.

Nesta edição, cidades inteligentes de 46 países se inscreveram para concorrer a premiação. A vencedora na categoria principal, que avalia todas as ações voltadas para cidades inteligentes, foi Buenos Aires na Argentina.

O World Smart City Awards premia projetos pioneiros, ideias e estratégias que promovam o desenvolvimento urbano em todo o mundo e transformem as cidades em lugares mais sustentáveis e inclusivos para se viver.

Anteriormente, Curitiba havia disputado a premiação com o Programa de Agricultura Urbana, em 2018; e com o Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação da capital, em 2019, na categoria City Award.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]