Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
60 brasileiros integram a comitiva que participa da programação do Smart City Expo Barcelona 2021.
60 brasileiros integram a comitiva que participa da programação do Smart City Expo Barcelona 2021.| Foto: José Godoi/Gazeta do Povo

Networking, conhecimento e fomento de oportunidades para cidades inteligentes. Este é o objetivo do maior evento do segmento mundo, o Smart City Expo World Congress, que acontece entre 16 e 18 de novembro em Barcelona, na Espanha.

O congresso começa oficialmente na terça-feira, mas a comitiva brasileira já está cumprindo agenda na cidade, com o proposito de gerar conexão e oportunidades entre os países.

O GazzConecta cobre com exclusividade o evento, além das visitas da comitiva, que reúne lideranças nacionais para discutir os rumos e possibilidades para tornar cidades mais inteligentes e tecnológicas.

Josep Piqué, presidente da La Salle Technova e um dos idealizadores da conferência, destaca que um dos grandes objetivos desta conexão é "transformar as cidades em laboratórios", descrevendo a mudança que a tecnologia pode proporcionar nas cidades, à exemplo de Barcelona.

Recorde de participação

Neste ano a comitiva brasileira reuniu 60 participantes, o maior número desde o início das viagens, que está na sua quarta edição, promovida pelo Icities. Entre os integrantes das visitas estão o Superintendente de Inovação do Paraná, Marcelo Rangel; Eduardo Castanheira Garrido, Presidente do Parque Tecnológico de Itaipu; prefeitos da Foz do Rio Itajaí Açu, em Santa Catarina; vereadores de Curitiba como Pier Petruziello, e Professor Euler; além do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel e Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, entre outros líderes.

Para Marcelo Rangel, o Brasil tem muito para se beneficiar do modelo adotado em Barcelona. “No Brasil precisamos mudar a cultura de percepção sobre inovação, facilitar o acesso não somente ao mundo acadêmico, aos técnicos, mas também as pessoas que mais precisam. O Brasil deve utilizar deste mesmo sistema para que possamos ser um expoente na área de inovação”, descreve.

Já para Pier Petruziello a conexão Brasil-Espanha possibilita a resolução de problemas de grandes centros. “É muito importante participar deste momento histórico para Curitiba e levar o conhecimento para a legislação, para podermos elaborar bons projetos de lei, desburocratizando a inovação. Através de uma boa legislação podemos ocupar espaços urbanos e resolver, de fato, problemas das grandes cidades", prevê o vereador.

O primeiro dia da visita da comitiva do Brasil, foi fechada para participantes, e contou com agendas na Universidade de La Salle Tecnova, na Cisco Co-Innovation Center, além de uma visita a Telefônica Diagonal, orgnizado pela Câmara de Comércio Brasil Catalunya.

Acompanhe os destaques do primeiro dia de agenda

Dia um da comitiva do Brasil em Barcelona

Universidade de La Salle Technova
Comitiva no 22@, centro da inovação em Barcelona. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo
Comitiva no 22@, centro da inovação em Barcelona. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo

Uma visita à Universidade de La Salle foi o primeiro compromisso do dia da comitiva. A academia é um dos principais polos de inovação de Barcelona. Quem recebeu a comitiva foi o Josep Piqué, Presidente da La Salle, destacando a transformação de Barcelona causada principalmente pela revitalização do bairro 22@.

O bairro tangibiliza boa parte da transformação em cidades inteligentes, o complexo reúne mais de 90 mil trabalhadores, do segmento de inovação, distribuídos em mais de 9 mil empresas.

Para Piqué, o espaço representa uma mudança de cultura da sociedade que entendeu a importância da inovação. Entre as estratégias utilizadas para a concepção do bairro estão a educação das crianças para serem agentes de transformação nas famílias, programa da família digital e a digitalização da vida dos mais velhos, verticais que colocaram o espaço como um dos berços da inovação em Barcelona.

Jaime Font, especialista em cidades inteligentes e professor da LaSalle, destaca que a mudança do distrito de inovação é uma transformação também cultural, de uma economia industrial para uma economia de talentos.

São Paulo deve ganhar revitalização urbana inteligente

Segundo Thomas Law, executivo da Ibrachina, Instituto Sociocultural Brasil-China, um projeto de urbanização pautado em conceitos de cidades inteligentes será desenvolvido em São Paulo, para revitalizar o centro da cidade.

Thomas descreve que o objetivo do projeto é unir arquitetos do mundo para discutir a revitalização. "São Paulo é um grande centro que envolve a América Latina como um todo. Queremos fomentar e fazer dos bairros em torno do Mercado Municipal um circuito inteligente de compras, com melhorias para o consumidor, para quem faz negócios e reside em São Paulo”, Law completa ainda que o projeto está em tramitação.

Cisco Co-Innovation Center
Sede da Cisco em Barcelona. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo
Sede da Cisco em Barcelona. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo

A Cisco é uma união global de líderes em inovação e profissionais de tecnologia que fomentam o desenvolvimento em função da melhoria das cidades. A empresa multinacional está presente em países como Austrália, Brasil, Canadá, França, Israel, Japão, Cingapura, Espanha e Estados Unidos. A sede de Barcelona foi um dos locais de visita da comitiva.

A Cisco é responsável por comprar, fazer parcerias, investir e incubar ideias inovadoras, e a participação do Presidente da Cisco no Brasil na agenda foi tão inovadora quanto o propósito da empresa. Conectado de São Paulo via hologramas, Ricardo Mucci também destacou a importância do 22@ para a mudança cultural em Barcelona.

“Vocês estão dentro de um bairro que foi revitalizado, que era deteriorado há alguns anos, e foi transformado. O prédio da Cisco, sede da empresa, é do século 19  e foi remontado para abrigar a inovação”, descreve.

Reunião de desafios e oportunidades, eixo Brasil-Espanha. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo
Reunião de desafios e oportunidades, eixo Brasil-Espanha. Foto: José Godoi Júnior/Gazeta do Povo

No fim da tarde a comitiva também participou de uma conferência com o Cônsul Geral do Brasil em Barcelona, o presidente da Câmara de Comércio Brasil-Cataluña, o governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro, além de líderes de estados brasileiros e executivos espanhóis. Durante o evento os prefeitos puderam apresentar suas cidades e conhecer mais sobre soluções para tornar as cidades mais inteligentes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]