Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
WhatsApp, Facebook e Instagram fora do ar: o que se sabe sobre a instabilidade
| Foto: Pexels

Nesta segunda-feira (4) as redes sociais e mensageiros do Facebook, WhatsApp, Messenger e Instagram passam por instabilidades e ficaram fora do ar durante aproximadamente sete horas. No fechamento desta reportagem os sistemas já apresentavam retorno para alguns dos usuários. Até o momento, o Facebook não apresentou posicionamento oficial sobre o motivo da falha.

O apagão já impactou inclusive o desempenho da empresa na Nadasq, bolsa de valores dos estados unidos, registrando queda de 5,35% e perda de US$ 7 bilhões em valor de mercado. O Facebook, responsável pela operação das plataformas, confirmou por volta das 13h30 que se tratava de um problema global. Somadas, as plataformas reúnem mais de 3 bilhões de usuários no mundo.

Em posicionamento oficial na rede social Twitter, o Facebook explicou que está trabalhando para corrigir o erro, mas não prestou esclarecimentos sobre a causa da falha. “Estamos cientes que as pessoas estão tendo dificuldade para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que tudo volte ao normal o quanto antes”, descreve a publicação.

Mike Schroepfer, CTO do Facebook, publicou também no seu Twitter, pedindo desculpas pelos erros nos sistemas. "Sinceras desculpas a todos que foram impactados pela interrupção dos sistemas. Estamos enfrentando problemas de rede e as equipes estão trabalhando o mais rápido possível para reestabelecer os serviços", explicou.

Possível erro no DNS

Para Fredy Arthur Schaible, CEO da Univision e especialista em tecnologia, a falha pode ser sido causada por um problema no chamado DNS, Sistema de Nome de Domínio. "Fizemos uma análise e aparentemente o problema está ligado ao DNS. Pode ter ocorrido uma mudança relacionada a configuração deste serviço, que precisa ser replicada em vários servidores", explica o especialista. Para Fredy, que não tem ligação com o Facebook, o erro pode ter sido causado por falha humana.

Desde a criação das plataformas, sobretudo o WhatsApp, já haviam sido registradas indisponibilidades por causa judicial ou falhas pontuais nos servidores, que foram corrigidas em pouco tempo. Ainda na análise preliminar de Schaible, a falha não é comum, já que as empresas de tecnologia trabalham com contingência, uma espécie de "servidor reserva" em casos como este.

Em entrevista a Globo News, Ronado Lemos, advogado e presidente do Instituto de Tecnologia do Rio, explica que a falha também pode ser de infraestrutura.

Na prática, o computador central, responsável pelo processamento dos sistemas, não consegue completar suas solicitações e não exibe as informações desejadas. Quando o usuário pesquisa o domínio, a chamada de pesquisa não está chegando ao servidor.

Durante toda a tarde de segunda-feira (4) ao acessar o sistema o usuário visualizava a mensagem 5XX Server Error.
Durante toda a tarde de segunda-feira (4) ao acessar o sistema o usuário visualizava a mensagem 5XX Server Error.

"Parece uma falha de infraestrutura fez com que o BGP (Border Gateway Protocol) parasse de funcionar, que é uma espécie de lista telefônica da empresa. Essa paralisia não é comum e é bem preocupante, primeiro porque ela afeta o mundo inteiro, segundo porque está demorando para reestabelecer o sistema. Isso nos faz refletir sobre o quão robusto é o sistema e como a empresa está cuidando deste endereçamento", explica o especialista.

Fredy concorda que a instabilidade causa uma abalo na confiança da bigtech, em relação à segurança de suas informações e capacidade de processamento, e em quantos negócios são realizados justamente através da intermediação de grandes redes sociais como o Facebook.

Instabilidade em outros mensageiros

Circulam nas redes sociais relatos de instabilidades também em outros mensageiros, como Telegram. Ainda na visão de Fredy Schaible, é comum que outros serviços sejam mais demandados com a queda de um dos principais mensageiros do mundo.

"As redes sociais e mensageiros tem um balanceamento de carga, no momento em que um dos meios fica indisponível acontece movimento brusco e aumento de tráfego para novos serviços (como Telegram Snapchat e TikTok), e ao longo do dia acabou disponibilizando mais servidores", explica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]