Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Suíte mais clara com painéis estofados de camurça para garantir conforto acústico do ambiente, uma vez que o usuário gosta de ouvir música alta.
Suíte mais clara com painéis estofados de camurça para garantir conforto acústico do ambiente, uma vez que o usuário gosta de ouvir música alta.| Foto: Matheus Kaplun

Os dois irmãos mais jovens de uma família de quatro filhos dividiram o mesmo quarto ao longo de toda a infância e adolescência. Agora que estão na vida adulta, com 18 e 21 anos, cursando universidade, eles optaram por quartos individuais para ter mais privacidade e liberdade. Ainda mais que os dois irmãos têm personalidades bastante diferentes.

"Enquanto um gosta de ouvir música alta o dia todo, o outro prefere mais silêncio. Um gosta de estudar no quarto, o outro escolhe estudar na biblioteca da casa", conta o arquiteto Rodolfo Fontana, que ficou responsável pelas reformas que criaram duas suítes completamente independentes.

Siga a HAUS no Instagram

A casa da família fica na região do Parque Barigui, em Curitiba, e o espaço do quarto original tinha 75 m². Com a nova divisão espacial, Rodolfo transformou o mezanino em uma área para guardar malas de viagem e outros objetos específicos que precisavam de espaço, e deu vida a uma suíte de 38 m² e outra de 37 m². "Aproveitamos a curva do telhado para aumentar o pé-direito e separamos os quartos. Cada um dos meninos ganhou uma nova porta no corredor", explica o arquiteto.

Um deles gosta de tudo claro: tons neutros e madeira clara, por exemplo. Já o outro tem preferência pelos tons mais escuros. O que naturalmente levou a batizar os ambientes de quarto claro e quarto escuro.

Suíte com tons mais escuros e diversas texturas.
Suíte com tons mais escuros e diversas texturas.| Matheus Kaplun

"Além de me preocupar em imprimir a personalidade de cada um dos irmãos em espaços funcionais e bonitos, fiz um esforço para não quebrar a identidade visual da casa", destaca Rodolfo, com a experiência de quem já passou pela Universidade de Illinois e pela Parsons, nos Estados Unidos, e pela Escola de Arquitetura de Bordeaux, na França.

O piso de carvalho americano, bem clarinho, é o mesmo para as duas suítes. Bem como a ventilação natural nos dois banheiros, espelhos com sistema desembaçador, toalheiros aquecidos, termostato digital que evita mofo nos armários e luz indireta que acende de forma automática com o movimento da pessoa pelo cômodo logo embaixo das mesas de cabeceira.

Suíte mais clara com painéis estofados de camurça para garantir conforto acústico do ambiente, uma vez que o usuário gosta de ouvir música alta.
Suíte mais clara com painéis estofados de camurça para garantir conforto acústico do ambiente, uma vez que o usuário gosta de ouvir música alta.| Matheus Kaplun

Para a suíte clara, o arquiteto criou também um cantinho de estudos. A TV foi embutida de forma totalmente automatizada em um móvel do closet e fica escondida durante todo o dia. Na hora que o morador quiser assistir a algum filme, com o acionamento de um único botão, o aparelho desliza para cima.

Detalhe de como a TV fica escondida no móvel da suíte clara.
Detalhe de como a TV fica escondida no móvel da suíte clara.| Matheus Kaplun

"O filho desse quarto gosta muito de madeira, então demos preferência para esse acabamento, e revestimos o quarto com painéis estofados de camurça para garantir o conforto acústico dele, da família e dos vizinhos, uma vez que ele gosta de ouvir música alta quase o dia todo", detalha Rodolfo. "No quarto escuro, utilizamos também essa opção, mas lá ela é só estética."

Canto do escritório da suíte clara, atendendo a um pedido do morador.
Canto do escritório da suíte clara, atendendo a um pedido do morador.| Matheus Kaplun

Na outra suíte, de tons mais escuros, Rodolfo projetou um cantinho para um minibar e sapateiras para uma coleção de aproximadamente 100 pares de sapatos. E uma marcenaria inteligente que ora compartimenta os ambientes da suíte e, em outros momentos, os integra, dependendo da necessidade e do desejo do morador.

Sapateira para uma coleção de 100 sapatos do morador.
Sapateira para uma coleção de 100 sapatos do morador.| Matheus Kaplun

Confira mais fotos das reformas:

Diversos objetos em dourado compõem a decoração.
Diversos objetos em dourado compõem a decoração.| Matheus Kaplun
Madeira com acabamento em laca foi amplamente utilizada no quarto claro.
Madeira com acabamento em laca foi amplamente utilizada no quarto claro.| Matheus Kaplun
No banheiro da suíte branca, metais em dourado fosco.
No banheiro da suíte branca, metais em dourado fosco.| Matheus Kaplun
Espaço do closet e onde a TV fica escondida.
Espaço do closet e onde a TV fica escondida.| Matheus Kaplun
| Matheus Kaplun
Na suíte mais escura, diversos móveis pretos completam a decoração.
Na suíte mais escura, diversos móveis pretos completam a decoração.| Matheus Kaplun
Até mesmo no acabamento do banheiro da suíte, o contraste entre preto e branco nas pedras naturais.
Até mesmo no acabamento do banheiro da suíte, o contraste entre preto e branco nas pedras naturais.| Matheus Kaplun
Detalhe do closet da suíte escura.
Detalhe do closet da suíte escura.| Matheus Kaplun
Suíte também conta com um pequeno espaço para leitura.
Suíte também conta com um pequeno espaço para leitura.| Matheus Kaplun
| Matheus Kaplun
| Matheus Kaplun
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]