i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vida em comunidade

Em madeira, cidade autossuficiente será construída na China para era pós-Covid-19

  • PorSharon Abdalla
  • 18/08/2020 09:34
Imagem: reprodução/Guallart Architects
Imagem: reprodução/Guallart Architects| Foto:

Xiong'an, a nova cidade da China, está nascendo com um conceito que é quase o oposto das torres envidraçadas de formas contemporâneas comuns pelo país. Pensado para a era pós-pandemia, o projeto assinado pelo escritório barcelonês Guallart Architects, do arquiteto espanhol Vicente Guallart, tem a madeira como matéria-prima essencial e um conceito que prima pelo viver simples, porém sem abandonar os temas e necessidades da atualidade.

Siga a HAUS no Instagram!

Imagem: reprodução/Guallart Architects
Imagem: reprodução/Guallart Architects

Vencedor do concurso internacional na categoria "Instalações Residenciais e Comunitárias", o projeto apresenta um modelo urbano composto por quatro quadras, nas quais será possível viver, trabalhar, consumir e descansar sem grandes deslocamentos.

Assim, os edifícios de madeira maciça mesclam habitações voltadas a diferentes faixas etárias, comércios, mercado, creche e escritórios, além de um centro administrativo, de uma piscina pública e do corpo de bombeiros.

Imagem: reprodução/Guallart Architects
Imagem: reprodução/Guallart Architects

A produção local de recursos, enquanto os moradores permanecem conectados globalmente, é outra premissa do projeto, garantindo que estes tenham uma vida plena mesmo em períodos prolongados de confinamento, como os vividos durante a pandemia da Covid-19. Desta forma, cada edifício será coberta por estufas que permitirão a colheita diária da produção, cultivada sob os telhados inclinados, que receberão a instalação de painéis solares.

Imagem: reprodução/Guallart Architects
Imagem: reprodução/Guallart Architects

Os apartamentos, por sua vez, terão terraços voltados para o sul para que funcionem como áreas de lazer em períodos de confinamento. Espaços para teletrabalho também foram contemplados no projeto. O objetivo é o de que os moradores criem redes sociais em escala de bairro para trocar recursos e colaborarem para a utilização dos laboratórios de prototipagem e impressão 3D presentes nas pequenas fábricas digitais, voltadas à produção de pequenos objetos de uso diário.

Imagem: reprodução/Guallart Architects
Imagem: reprodução/Guallart Architects

Ou seja, integrando produção de energia e alimentos, água reciclada e reutilização de materiais para promover um modelo distribuído de gestão urbana, pretende-se fazer da "cidade autossuficiente" - sendo este, inclusive, o nome de batismo do projeto. "Não podemos continuar projetando cidades e edifícios como se nada tivesse acontecido", sintetiza Guallart, que vislumbra as possibilidades de replicação do projeto em diversas cidades do mundo.

5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 5 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 24 horas

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • R

      Ricardo Munhozdarocha Guimarães

      ± 2 dias

      e se pegar fogo?...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        Jorge Dias

        ± 2 dias

        É mais um exemplo do "GreenWash", é tipo o papel "ReciclaTo".

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          Maquiavel

          ± 2 dias

          Quantos milhões de árvores serão derrubadas para esta obra?? Incentivo ao desmatamento

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          1 Respostas
          • B

            Benedito

            ± 2 dias

            A madeira é oriunda de plantio específico e recebe uma tecnologia chamada madeira engenheirada , cujo uso mitiga a perda no canteiro devido ao projeto de execução. Assim florestas nativas não são tocadas. É o futuro da madeira, em São Paulo e Curitiba já temos edifícios executados com essa técnica.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.