Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock| Foto:

Em tempos de pandemia, a rotina e os cuidados em relação à limpeza são ainda mais indispensáveis. E quando se fala nos metais, não é diferente. Afinal, eles estão entre os itens da casa que mais são tocados, tanto para que se realize a higiene pessoal quanto a doméstica.

Siga a HAUS no Instagram!

Por isso, e também para garantir a durabilidade e beleza das peças, a recomendação dos especialistas é a de que elas sejam limpas diária ou semanalmente. Segundo eles, isso garante a remoção da sujeira, vírus e bactérias que possam se acumular sobre as superfícies, sem que se danifique os metais.

"Os metais podem sofrer desgastes decorrentes da umidade do ambiente e da gordura do corpo [no caso dos banheiros] que se acumulam sobre eles. A limpeza semanal mantém o brilho deles", orienta Irene de Oliveira Simão, gestora da unidade Portão/Batel da Maria Brasileira, empresa que oferece serviços de limpeza doméstica. "No banheiro, o maior inimigo das peças de metal é o calcário presente na água porque, quando ele seca, fica sobre a superfície e oxida as peças, por isso surgem as manchas brancas", complementa João Pedro Fidelis Lucio, coordenador da área técnica da marca.

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Como limpar?

Para realizar a limpeza, a tradicional mistura de água e sabão neutro é suficiente. Basta aplicá-la com uma esponja ou pano com fibras macias sobre as peças, esfregando suavemente, enxaguar com água e secar com uma flanela - ela contribui para a manutenção do brilho da peça.

Nos banheiros, se o desejo é potencializar a limpeza, após a solução com sabão pode-se aplicar sobre os metais uma mistura de água com desinfetante (com ação bactericida). A diluição recomendada é de 200 ml de desinfetante para 300 ml de água, segundo Lucio.

O cuidado, aqui, fica para o uso de produtos que levam cloro na composição, como a água sanitária. "Dependendo da especificação [do produto], o cloro pode danificar o metal", alerta Thiago Silva, sócio-fundador da Clean House, que também atua na prestação de serviços de limpeza.

Vale lembrar que, além das torneiras, registros e válvulas, os acessórios, como toalheiros e porta-papel higiênico também precisam ser limpos com a mesma frequência.

Adeus, gordura!

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Na cozinha, a gordura é a principal inimiga dos metais. Além da mistura de água e sabão neutro, nela também é possível apostar nos saponáceos como forma de garantir uma limpeza eficiente.

"O ideal é sempre optar por saponáceos líquidos, uma vez que os em pó tem textura esfoliante [e podem riscar a peça]. Limpadores multiuso não são recomendados, pois tem uma camada levemente alcalina [o que pode danificar os metais], lembra o coordenador da área técnica da Maria Brasileira. A dica vale especialmente para as coifas, que podem ser limpas semanal ou quinzenalmente.

Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]