Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Vista geral da mansão que se destaca na paisagem de Mumbai, na Índia. 
Foto: Reprodução Instagram / @deseosstyle
Vista geral da mansão que se destaca na paisagem de Mumbai, na Índia. Foto: Reprodução Instagram / @deseosstyle| Foto:

Há limites para o exagero e a extravagância? Para o multimilionário indiano Mukesh Ambani, considerado por diferentes publicações um dos homens mais ricos do mundo, parece que não.

O presidente e CEO da Reliance Industries mora, com sua família de mais quatro pessoas, desde o ano passado, em uma casa (ou seria melhor chamar de prédio) de 37 mil metros quadrados, 27 andares e detalhes suntuosos.

Estrutura da casa é bastante particular. Foto: Reprodução Instagram /@ankushkolte
Estrutura da casa é bastante particular. Foto: Reprodução Instagram /@ankushkolte

A residência batizada de Antilia, em homenagem a uma ilha mítica do Atlântico, foi construída em Mumbai e tem 170 metros de altura. Avalia-se que o custo da obra tenha sido de aproximadamente 700 milhões de dólares. E a Revista Forbes avaliou a casa em 1 bilhão de dólares.

Uma das fachadas tem parede verde e revela a estrutura de aço. 
Foto: Reprodução Instagram /@virgoansnake
Uma das fachadas tem parede verde e revela a estrutura de aço. Foto: Reprodução Instagram /@virgoansnake

Detalhes

Devido à dificuldade para encontrar um terreno dessas proporções no bairro de Altamount Road, a casa
Antilia foi projetada verticalmente pelo escritório norte-americano Perkins & Will. Entre as exigências do proprietário estava a necessidade de seguir os princípios do Vastu shastra, a versão indiana do Feng Shui. Vem daí os inúmeros orifícios e diferentes volumes da fachada.

Imagens do interior da casa mostram o luxo na decoração. 
Foto: Repodução Instagram /  @regiumconcierge
Imagens do interior da casa mostram o luxo na decoração. Foto: Repodução Instagram / @regiumconcierge

O trabalho de engenharia civil e construção esteve a cargo da australiana Leighton Holdings que dimensionou a estrutura do edifício para resistir a sismos de magnitude 8 na escala de Richter.

Os recordes do edifício são muitos: são 168 vagas de garagem, uma oficina mecânica, três heliportos,  uma torre de controle de tráfego aéreo, nove elevadores, um ginásio, estúdio de ioga, cinema com capacidade para 50 pessoas, piscina, sala de baile e jardins internos.  Para manter tudo isso funcionando a conta com mais de 600 empregados.

A obra sustuosa contrasta com prédios mais simples da região. 
Foto: Reprodução instagram / @m.kwm
A obra sustuosa contrasta com prédios mais simples da região. Foto: Reprodução instagram / @m.kwm

Tanto luxo e ostentação é alvo de críticas especialmente por estar em um país onde a maioria da população vive com menos de 2 euros por dia.

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]