Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Perspectiva mostra como será um dos ambientes do prédio de três pavimentos onde abrirá o Accelera Hub, o primeiro hub de construção civil do Sul do Brasil.
Perspectiva mostra como será um dos ambientes do prédio de três pavimentos onde abrirá o Accelera Hub, o primeiro hub de construção civil do Sul do Brasil.| Foto: Givago Ferentz Arquitetos

Em alguns meses Curitiba vai receber o primeiro hub de construção civil do Sul do país e um dos primeiros no Brasil. Será o Accelera Hub, encabeçado pelo Grupo Paládio, que opera em quatro segmentos de incorporação, e por seu diretor, o engenheiro civil e médico Felipe Daher. A informação foi obtida com exclusividade por HAUS.

"A ideia é discutir engenharia, construção civil e arquitetura. Trazer debates sobre tecnologias construtivas, repensar modelos ultrapassados que ainda continuam sendo usados, e gerar negócios para todos os envolvidos", explica Felipe, que adianta que a sede do hub ficará na Alameda Cabral, 475, em Curitiba, em um imóvel de três pavimentos e aproximadamente 1,3 mil m², que atualmente passa por reforma.

Siga a HAUS no Instagram

| Givago Ferentz Arquitetos

Uma das intenções dos envolvidos no projeto é criar uma biblioteca de materiais permanente. "Será uma feira permanente de materiais e metodologias construtivas", anuncia o diretor do Grupo Paládio. "Nós temos o apoio de indústrias-pilares desse mercado, e todo novo lançamento poderá ser exibido aqui."

Trocando em miúdos, o hub está sendo montado para auxiliar pequenas e médias construtoras e incorporadoras, bem como engenheiros e arquitetos autônomos, ajudar na formação da nova geração de profissionais, servir de espaço central para a discussão e inovação de novas metodologias de construção, e funcionar como um local em que qualquer solução para obra pode ser encontrada.

| Givago Ferentz Arquitetos

Cerca de 45 empresas sênior de diversos segmentos do mercado imobiliário e da construção civil já confirmaram presença no hub, entre consultorias e escritórios de arquitetura, engenharia, interiores, tecnologia de construção e planejamento urbano.

O perfil das pessoas e empresas envolvidas só reforça o fato de que o hub não é um coworking ou incubadora, mas uma rede de pessoas experientes que querem movimentar ainda mais o setor, inovar e gerar negócios.

| Givago Ferentz Arquitetos

Como é natural nesses novos negócios da nova economia, o projeto ainda não está completamente fechado e está sendo delineado com diversos parceiros.

"A intenção também é trazer algumas universidades e outras organizações para gerar cursos pockets e ser uma oportunidade de estágio para os estudantes", esclarece Felipe.

| Givago Ferentz Arquitetos

O projeto de reforma e arquitetura de interiores está sendo desenvolvido pelo escritório Givago Ferentz Arquitetos, bem como a mentoria do conceito. Todas as imagens que ilustram essa matéria ainda podem sofrer alterações e foram cedidas exclusivamente para a reportagem.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]