Curitiba vai ganhar Centro de Pesquisas Avançadas em Patrimônio Histórico com apoio de instituto francês

Projeto que coloca QR code em imóveis históricos com detalhes das construções chamou a atenção do instituto parisiense centenário École de Chaillot

Foto: Arquivo/Gazeta do Povo

por HAUS

08/05/2019

compartilhe

Curitiba está prestes a ganhar um Centro de Pesquisas Avançadas em Patrimônio Histórico. A ideia de ter um centro que capacite especialistas em restauro é da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que já recebeu o apoio expresso do instituto francês centenário focado em restauro, arquitetura e urbanismo École de Chaillot, em Paris.

>>> Antiga fábrica da Ambev no Rebouças tem o destino definido

 

O interesse dos franceses veio graças ao projeto Arquivo, liderado pelas arquitetas Giceli Portela e Iaskara Florenzano, que instala QR code em imóveis históricos com detalhes das construções, e ao projeto Rosto da Cidade, da Prefeitura de Curitiba, que está recuperando edifícios históricos do Centro.

A prefeitura já sinalizou interesse com o convênio e diz que vai oficializar o interesse da cidade para a instituição parisiense. Ainda não existe informação sobre a data para a criação do centro, valores aproximados de investimento ou quem seria responsável pela entidade.

LEIA TAMBÉM:

Arquitetos e designers premiados vão discutir processos criativos em bate-papo gratuito

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você