i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Formas trepantes

Edifício de luxo em Balneário Camboriú usa método construtivo que reduz o tempo de obra

  • PorLuan Galani
  • 19/08/2020 18:05
Aurora Exclusive Home. na Praia Central de Balneário Camboriú, está sendo construído com o sistema coreano formas trepantes (gang forms) pela Embraed. Foto: divulgação
Aurora Exclusive Home. na Praia Central de Balneário Camboriú, está sendo construído com o sistema coreano formas trepantes (gang forms) pela Embraed. Foto: divulgação| Foto:

Uma das maiores construtoras do país de empreendimentos de alto padrão, a catarinense Embraed passou a utilizar o sistema construtivo de formas trepantes (gang forms, no termo em inglês) na obra do Aurora Exclusive Home, novo empreendimento à beira-mar de Balneário Camboriú, que terá 50 pavimentos e 160 metros de altura, com uma unidade de 230,87 m² por andar. O projeto arquitetônico é assinado pelos arquitetos Flavio Schiavon e Allan Malouf.

Siga a HAUS no Instagram

Esse método de construção, mais comumente empregado na edificação de pontes estaiadas, como a do rio Pinheiros, em São Paulo, e a de acesso ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, ainda é pouquíssimo utilizado no Brasil em edifícios residenciais e se destaca por reduzir o tempo de obra em 10%. "Apenas no ciclo da laje, reduz até 20% do tempo para concretagem de cada pavimento", frisa o diretor de engenharia da Embraed, Emerson Pompeo.

Perspectiva de como ficará o empreendimento residencial Aurora Exclusive Home na Praia Central de Balneário Calmboriú. Imagem: divulgação
Perspectiva de como ficará o empreendimento residencial Aurora Exclusive Home na Praia Central de Balneário Calmboriú. Imagem: divulgação

O sistema consiste em andaimes, escoras, montantes e painéis modulares metálicos de alumínio que se movimentam verticalmente de forma gradual e progressiva, permitindo fazer a concretagem e levantar as paredes de cada andar ao mesmo tempo. "No método tradicional, a concretagem é feita primeiro. Em geral, espera-se 28 dias para a cura do concreto para ele ganhar resistência. Só depois é que se tiram as formas e escoras e se preenche as paredes com tijolos. A vantagem desse sistema trepante é que não precisa esperar pela cura do piso para avançar", esclarece o engenheiro civil e arquiteto Gabriel Ruiz, que leciona na FAE Centro Universitário, em Curitiba.

Outro aspecto positivo, segundo Pompeo, é que as formas para a concretagem são as mesmas para todos os pavimentos e podem ser reutilizadas em outro empreendimento, o que acaba elevando a racionalização, a economia e a sustentabilidade no canteiro de obra. Na maneira convencional, muitos formas e escoras são de madeira e acabam gerando resíduos desnecessários.

Foto: Embraed/Divulgação
Foto: Embraed/Divulgação

O diretor de engenharia da Embraed lembra ainda que o método em questão requer um grande implemento de tecnologia embarcada na obra. "A precisão do encaixe das formas resulta em paredes de concreto quase espelhadas. Para esse resultado, além de todos os controles tecnológicos específicos que o sistema exige, é necessária a utilização de um concreto especial para evitar a sua retração", conta o especialista.

Para Ruiz, essa corrente forte de melhoria de gestão e qualidade de obra, conhecida como construção enxuta (lean construction, do termo em inglês) vem da Engenharia Mecânica e da Engenharia Automotiva, e chega à Engenharia Civil para otimizar a edificação e substituir processos artesanais que dependem muito do clima.

 Foto: Embraed/Divulgação
Foto: Embraed/Divulgação

"É uma industrialização do sistema construtivo que traz mais segurança para quem trabalha na obra, pois é menor o tempo de exposição, retira etapas desnecessárias do processo de edificação e aumenta a eficiência", conclui o professor da FAE.

"A gente não usa um único prego. É tudo por meio de encaixes, como um LEGO. Temos um mestre de obras que trabalha conosco há mais de 35 anos e, depois de utilizar esse sistema, ele diz que nunca mais quer trabalhar com outro método. Então é essa a nossa missão: inovar sempre, trazer tecnologia e qualidade para os empreendimentos", exemplifica Pompeo.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    Jorge Dias

    ± 2 horas

    Nada de novo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Afonso Celso Frega Beraldi

      ± 3 horas

      Convenhamos que o nome tecnico correto eh FORMA DESLIZANTE.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.