i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Homenagem a Curitiba é destaque na decoração de uma das maiores startups do país

  • PorDaliane Nogueira
  • 29/03/2018 12:59
Sede da MadeiraMadeira inaugura área que retrata do orgulho do curitibano, enaltecendo ícones da arquitetura, urbanismo e cultura da cidade. Fotos: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo
Sede da MadeiraMadeira inaugura área que retrata do orgulho do curitibano, enaltecendo ícones da arquitetura, urbanismo e cultura da cidade. Fotos: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo | Foto: Ana Gabriella Amorim

“O mundo das startups saiu do eixo Rio-São Paulo.” A frase é de Daniel Scandian, um dos fundadores e CEO da MadeiraMadeira, e-commerce fundado em 2009 em São José dos Pinhais e que se transformou em um dos maiores sites de venda de móveis e produtos para residência do Brasil. Há pouco mais de um ano a empresa passou a ocupar seis andares de um prédio no Centro de Curitiba e, nas definições de marcação do espaço, Daniel tinha a clareza da necessidade de despertar o orgulho de Curitiba.

MAIS SOBRE STARTUPS

>>> Startup cria plataforma que conecta compradores e designers de todo o país

Assim surgiram plotagens e grafites homenageando ícones da arquitetura e da cultura da cidade em vários pontos das áreas de trabalho até culminar na mais recente criação: uma área de descompressão para os colaboradores reproduzindo vários pontos turísticos e que marcam o dia a dia dos curitibanos.

Espaço de convívio em homenagem a Curitiba na sede da MadeiraMadeira. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo
Espaço de convívio em homenagem a Curitiba na sede da MadeiraMadeira. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo| Ana Gabriella Amorim

Quem assina o local, que será inaugurado oficialmente na próxima sexta-feira (6), é a arquiteta Mariana Verdasca Guimarães, da Main Arquitetura e Interiores. “Criamos uma espécie de área ‘Curitiba proud’ (orgulho de Curitiba), reunindo um pouco do que traduz a cidade”, explica a profissional.

A área aberta no segundo andar do edifício dá para a Praça Santos Andrade, com vista para a copa de diversas araucárias. Em uma das paredes o artista urbano Gustas [Gustavo Santos Silva] fez um painel retratando o Jardim Botânico e muitas árvores símbolo de Curitiba. O bondinho da XV foi retratado em outra extremidade do ambiente.

Detalhe da estrutura metálica criada para relembrar as estações tubos. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo
Detalhe da estrutura metálica criada para relembrar as estações tubos. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo| Ana Gabriella Amorim

O grande destaque fica por conta do grafite do petit-pavé no piso — que recebeu o acabamento em porcelanato líquido — e a instalação de uma estrutura em metal lembrando uma estação tubo, o clássico ponto de ônibus do curitibano.

O bondinho, os bancos e o petit-pavé da Rua XV de Novembro foram contemplados no projeto. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo
O bondinho, os bancos e o petit-pavé da Rua XV de Novembro foram contemplados no projeto. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo| Ana Gabriella Amorim

“Eu não nasci aqui, mas escolhi morar e empreender em Curitiba e senti a necessidade de marcar essa cultura. Em muitas viagens que fiz para o processo de fortalecimento da MadeiraMadeira [hoje a startup conta o investimento de três fundos de Venture Capital nacionais e internacionais: Flybridge, Kaszek e Monashees], era preciso explicar primeiro de onde eu vinha, onde ficava Curitiba, que tamanho tinha, qual era o histórico. Esse processo deixou claro para mim que marcar a cidade na decoração e na cultura da empresa significa para nós levantar a bandeira das startups locais”, afirma Daniel.

Novidades e futuro

O site tem hoje mais de 60 mil produtos cadastrados e a perspectiva é chegar a dois milhões de itens até 2021, com o lançamentos de linhas próprias e voltadas para um público interessando em peças com apelo de design e valor agregado maior. Para isso, a empresa prevê o investimento em design e no desenvolvimento de outras linhas próprias.

Um dos escritórios da MadeiraMadeira: painéis do artista Gustas representando pontos turísticos de Curitiba permeiam as áreas de trabalho. Foto: Ana Gabriella / Gazeta do Povo.
Um dos escritórios da MadeiraMadeira: painéis do artista Gustas representando pontos turísticos de Curitiba permeiam as áreas de trabalho. Foto: Ana Gabriella / Gazeta do Povo. | Ana Gabriella Amorim

O faturamento da MadeiraMadeira em 2017 foi de R$ 350 milhões e eles buscam ser “one stop shop”, para que o cliente encontre tudo o que precisa para sua casa no site. Nesta perspectiva há o investimento em novas categorias de produtos, como eletroportáteis, utensílios e têxteis. “Temos um grande investimento em tecnologia, desenvolvemos 15 softwares de forma que seja possível conectar e potencializar ativos que já existem”, explica Robson Privado, diretor de marketing da empresa.

LEIA TAMBÉM

No rol das cidade inteligentes, Curitiba terá conexão direta com o Vale do Silício

Curitiba é celeiro do bom design com reconhecimento internacional

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.