Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Iaskara Florenzano lança livro inédito sobre o patrimônio industrial de Curitiba no próximo dia 17 na Biblioteca Pública do Paraná
Iaskara Florenzano lança livro inédito sobre o patrimônio industrial de Curitiba no próximo dia 17 na Biblioteca Pública do Paraná| Foto: Divulgação

A cidade cresceu muitíssimo e fez do Rebouças, antes limite da região Sul, um bairro central da Curitiba moderna. Por ali circulam milhares de pessoas diariamente a caminho do trabalho, da rodoferroviária, do aeroporto ou de casa, e não é exagero dizer que boa parte delas desconhece a importância da região para o desenvolvimento da cidade que vivemos hoje.

E é este legado que o livro "Um Olhar Sobre o Patrimônio Industrial do Rebouças" pretende resgatar. De autoria da arquiteta e urbanista e doutoranda Iaskara Florenzano, a publicação apresenta o resultado de mais de uma década de levantamentos e análises realizados pela pesquisadora sobre o bairro, fortemente marcado pela sua história - e presente - fabril.

Siga a HAUS no Instagram

Livro da arquiteta, urbanista, fotógrafa e doutoranda Iaskara Florenzano é resultado de mais de uma década de levantamentos e análises realizados sobre o Rebouças, fortemente marcado pela sua história - e presente - fabril
Livro da arquiteta, urbanista, fotógrafa e doutoranda Iaskara Florenzano é resultado de mais de uma década de levantamentos e análises realizados sobre o Rebouças, fortemente marcado pela sua história - e presente - fabril| Divulgação

Endereço de indústrias de fósforos, cervejarias e de erva-mate, o bairro ainda mantém a vocação fabril que fez dele o primeiro distrito industrial da cidade, a partir do ciclo econômico daquele último no Paraná, mas não passou ileso às transformações ocorridas especialmente na segunda metade do século 20, quando o avanço da cidade e as mudanças no planejamento urbano, na opinião da autora, colocaram seu patrimônio fabril na iminência do abandono e do desaparecimento.

"A paisagem do Rebouças é a expressão concreta da cultura que o originou e o transformou e pode ser considerada como um documento arqueológico autêntico das dinâmicas sociais impressas sobre o seu território", aponta Iaskara ao lembrar que as ameaças de apagamento dessa memória e das edificações do bairro reforçam a importância da publicação enquanto registro histórico. Um dos mais emblemáticos deles ocorreu em 2011, quando foi demolida a fábrica da Matte Leão.

Registro do complexo fabril da Matte Leão que não sobreviveu à demolição em 2011
Registro do complexo fabril da Matte Leão que não sobreviveu à demolição em 2011| Divulgação

“Nenhuma iniciativa pública ou privada destinada a esta área deu conta de sua complexidade pelo desconhecimento de sua importância e pela fragilidade das interpretações de seus conteúdos”, reforça a autora.

O livro tem projeto gráfico de Susana Mezzadri e produção de Jonas Prates. Sua publicação foi viabilizada pela lei de Incentivo da Fundação Cultural de Curitiba (FCC).

SERVIÇO

Lançamento do livro "Um Olhar Sobre o Patrimônio Industrial do Rebouças", com palestra da autora Iaskara S. Florenzano:

  • 17 de maio (terça-feira)
  • Entre 17h e 19h30
  • Biblioteca Pública do Paraná - Auditório Paul Garfunkel (Rua Cândido Lopes, 133, Centro, Curitiba)
  • Aberto ao público
Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]