Presidente do CAU-PR renuncia e conselho dos arquitetos tem nova diretoria

Gestão iniciada em janeiro deste ano se estende até 2020. Veja trechos da carta de renúncia do ex-presidente

Foto: Reprodução/CAU-PR

por Luciane Belin*

13/09/2018

compartilhe

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU-PR) divulgou um comunicado oficial na tarde desta quinta-feira (11) informando a renúncia do presidente da instituição, Ronaldo Duschenes.

Quem assume em seu lugar é a vice-presidente eleita, Margareth Ziolla Menezes, arquiteta formada pela UFPR com 27 anos de profissão. Com atuação em seu próprio escritório e com passagem por diferentes instituições da área, Margareth faz parte do CAU-PR como conselheira há cerca de sete anos e participou também da Associação Paranaense dos Escritório de Arquitetura (AsBEA-PR), onde passou por diferentes cargos por cerca de 15 anos.

>>>> Conselheiros do Patrimônio questionam decreto que regulamenta rumo dos imóveis históricos de Curitiba

Segundo ela, sua gestão dará continuidade ao trabalho iniciado na gestão com Ronaldo, bem como trazer novas propostas e realizar um planejamento estratégico atualizado ao momento atual da Arquitetura e do Urbanismo no Paraná. “Na hora que nós somos eleitos, independentemente de virmos de chapas e propostas diferentes, algumas propostas se assemelhavam. Ambos somos arquitetos, sabemos das problemáticas da arquitetura perante a sociedade, então muitas propostas são similares, com algumas diferenciações”, diz Menezes.

Foto: Reprodução/CAU-PR

Em nota, o conselho expressou seu agradecimento ao ex-presidente pelos serviços prestados. “Sob sua orientação, dentro de um modelo de gestão participativa, com decisões colegiadas, os colaboradores do CAU/PR puderam contar com um líder realmente inspirador. Sua gestão no CAU/PR foi realizada com total competência, extrema dedicação e absoluta correção”, diz o comunicado oficial do conselho.

>>>> Arquitetos de Curitiba fazem abaixo-assinado por concursos para obras públicas

Em sua carta de renúncia, o ex-presidente Ronaldo Duschenes acusa motivos de “foro íntimo” para justificar a opção por deixar o cargo, agradece o apoio durante sua atuação e comenta a importância da autarquia para o fortalecimento da arquitetura e do urbanismo no Estado.

Foto: Reprodução/CAU-PR

Veja um trecho da carta.

Compreendi que além dos compromissos com a nossa categoria profissional, é necessária e urgente a efetivação de medidas que colaborem para a promoção da defesa da ordem jurídica e dos direitos sociais, difusos, coletivos e individuais homogêneos que são aqueles que têm como titulares a coletividade, o grupo, a classe ou uma categoria de pessoas.

Assim, a responsabilidade e compromissos deste Conselho transcendem os profissionais de arquitetura e abrangem colaboradores e sociedade, o que às vezes pode ser de difícil compreensão, mas que não pode ser menosprezado e deve ser defendido e efetivado, ressaltando a importância e o respeito às instituições.

São grandes os desafios e considerando a tenra idade deste Conselho, há um longo caminho a ser percorrido, apesar dos relevantes avanços e conquistas já prestados pelo CAU/PR à Arquitetura e Urbanismo do Paraná“.

*Especial para HAUS.

LEIA TAMBÉM:

Escritórios curitibanos conquistam os três primeiros lugares em concurso de arquitetura

Módulos autônomos, apartamentos ‘parasitas’ e outras soluções para o futuro da habitação

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você