Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Tanikawa House é um dos destaques da obra do arquiteto japonês Kazuo Shinohara, estudado no mês de junho.
Tanikawa House é um dos destaques da obra do arquiteto japonês Kazuo Shinohara, estudado no mês de junho.| Foto: Socks Studio

A teoria e a história da arquitetura moderna e contemporânea no Japão serão o foco de um novo curso online disponível a partir de junho. Organizado pelo arquiteto Gabriel Kogan, doutorando na Universidade de São Paulo e professor na Escola da Cidade, o curso terá sete módulos mensais independentes, cada um com foco em um arquiteto japonês.

Em junho, o objeto de estudo serão os projetos de Kazuo Shinohara (confira abaixo a programação completa). As aulas serão realizadas nas quintas-feiras, das 18h às 19h30, e serão ministradas ao vivo via Google Meet. As videoconferências não serão disponibilizadas posteriormente.

O valor das inscrições é variável segundo a situação financeira do aluno, que pode optar quanto vai pagar no momento da inscrição. São três valores disponíveis: R$ 180 (integral), R$ 90 (50% de desconto) ou R$ 36 (80% de desconto). O valor é referente ao módulo mensal, que inclui quatro aulas. As turmas têm limite de 90 vagas.

Segundo Kogan, o arquiteto que inaugura o curso foi uma figura central nas décadas de 1960 e 1970 no Japão, e aos poucos tem sido redescoberta pelo mundo. “Shinohara propõe um retorno ao desenho da casa, feita sob medida e definida como uma obra de arte, em oposição aos projetos públicos, urbanos e monumentais desenhados no contexto do milagre desenvolvimentista japonês”, explica o arquiteto, especialista em arquitetura japonesa, na descrição do curso.

Arquiteto Gabriel Kogan em curso sobre arquitetura contemporânea na SIM Galeria, em Curitiba.
Arquiteto Gabriel Kogan em curso sobre arquitetura contemporânea na SIM Galeria, em Curitiba.| Letícia Akemi/Gazeta do Povo

“Em um cenário dominado por uma irrestrita crença no progresso, Shinohara representa um elemento sombrio e introspectivo, no qual a dúvida e a negação do estado de euforia acabam por redirecionar os rumos da arquitetura no Japão. Ao longo de sua carreira, transita em quatro diferentes estilos, definidos a partir de um intenso diálogo com a tradição local”.

Para inscrições e mais informações, clique aqui.

Confira abaixo a relação dos arquitetos estudados ao longo do curso:

Junho

Kazuo Shinohara

Julho

Tadao Ando

| Piti Koshimura
Agosto

Kazuyo Sejima e Ruye Nishizawa

| August Fischer
Setembro

Toyo Ito

| Koji Taki
Outubro

Terunobu Fujimori

| ALESSANDRA CHEMOLLO
Novembro

Kisho Kurokawa

| FALA
Dezembro

Junya Ishigami

| Iwan Baan
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]