Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock| Foto:

Em meio às dificuldades onde encontrar oportunidades? 

Como toda a economia brasileira, a área de design de interiores apontava leve crescimento comparado aos últimos anos. Porém, em questão de duas semanas, todo o cenário mudou devido aos impactos da pandemia da Covid-19.

Siga a HAUS no Instagram!

Profissionais que não tinham um planejamento de trabalho à longo prazo, imediatamente começaram a sentir dificuldades no ofício com os efeitos da economia afetada diretamente pela propagação do vírus que chegou em fevereiro ao Brasil.

Os clientes que até então procuravam pelos serviços de design 'sumiram', causando grandes dúvidas e incertezas em como ficará a área daqui em diante.

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Vimos que a partir de então as plataformas digitais e as redes sociais tornaram-se aliadas ainda maiores da categoria para a captação de possíveis clientes e para que os profissionais não percam a evidência durante esse período, que ainda não sabemos ao certo quanto tempo irá durar.

Muita gente começou a fazer postagens, stories, lives e propagandas de maneira desenfreada, com ofertas de serviços e até mesmo produtos. Não sou nenhum especialista em marketing, mas particularmente, enquanto consumidor, acho que essa estratégia pode ser interpretada de maneira um pouco agressiva e sem muito retorno para o momento em que vivemos.

Acredito que adotar uma postura profissional com mais calma, serenidade, de modo mais humano e empático nesse período é o melhor a se fazer. Os serviços de design de interiores poderiam até em certo ponto serem essenciais em uma residência, mas não é agora que ele será assim visto. Na minha visão, momentaneamente, será um pouco deixado de lado para que as pessoas priorizem os gastos básicos.

Então, nesta ocasião considero que as melhores estratégias sejam à longo prazo. Tudo isso passará e é para esse momento que deveremos estar mais preparados. Vi já nos últimos dias muitos profissionais que adotaram essa preocupação e que têm cuidado em suas abordagens de conteúdo.

Assim como muitos empresários adotam em discursos, precisamos de criatividade para inovação e reinvenção para este momento inesperado e intenso. Então, separei a seguir algumas dicas do que considero ser importante a se pensar dentro de uma residência:

Hall de Entrada

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Este com certeza será um ambiente que ganhará muito destaque e valorização. Será importantíssimo explicar e convencer de que ter um hall de entrada é um meio de combater a entrada do vírus para dentro das casas. Compor o hall com móveis e objetos que auxiliem na retirada de sapatos e casacos, lugares para a colocação de objetos e acessórios e, agora mais do que nunca, um espaço de destaque para o frasquinho de álcool em gel.

Home office

Trabalhar em casa exige o estabelecimento de uma rotina, a preparação de um ambiente agradável e alguns cuidados para não perder o foco
Foto: Bigstock| Annie Spratt/Unsplash

Muitas pessoas passaram a trabalhar no modelo home office, porém, é possível que muitas delas ainda não possuíam um espaço próprio para a atividade e tiveram que improvisar nos últimos dias. Então explicar sobre investir em um bom espaço de trabalho em casa, com orientações de ergonomia e iluminação, pode ser uma estratégia muito boa, visto que a prática desse sistema de trabalho ganhará ainda mais adeptos no futuro.

Organização de quartos infantis

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Com a suspensão das aulas por prazo indeterminado, diversos pais têm encontrado dificuldades com a bagunça e a desorganização das casas. Assim, oferecer dicas de organização para quartos de crianças com opções de layout e objetos que orientem espaços específicos destinados a cada uma das atividades dos filhos no dia a dia podem solucionar muito os problemas dos pais.

Dificuldades todos os segmentos encontrarão. Contudo, o mais importante para nós, designers de interiores, neste momento, é não nos desesperarmos. Assim, com muita paciência e tranquilidade, infinitas ideias e boas soluções poderão ser encontradas e aplicadas nos lares dos nossos clientes, possibilitando uma vida melhor para todos nós.

*Reginaldo Pepplow é designer de interiores, administrador e projetista desde 2013, formado em Tecnologia em Produção Cênica pela UFPR (2015).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]