Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Home office de costas para o restante do ambiente ajuda a manter a concentração nos estudos ou trabalho. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Home office de costas para o restante do ambiente ajuda a manter a concentração nos estudos ou trabalho. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Foto: Gazeta do Povo

O desafio da arquiteta Larissa Lóh em um apartamento antigo de Curitiba era encaixar, em poucos metros quadrados, diversas funções. Para a moradora, uma fonoaudióloga e pesquisadora acadêmica, era necessário um espaço de estudos sem distrações. Assim, o quarto de apenas 10,2 m² precisava acomodar cama, armário, televisão e home office.

Para isso, a arquiteta uniu duas soluções: deixou a escrivaninha próxima à janela, para receber luz natural direta, sem sombras, e de costas para o restante do ambiente, pensando na concentração da moradora.

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

A linguagem da casa se estende ao quarto. Ela é composta por uma pegada retrô e lúdica, apostando no branco como contraposto a diferentes tons de rosa e cinza. A madeira é uma peça-chave para trazer conforto ao espaço, e está presente no piso de tacos e no painel ripado que se estende da parede ao teto, dando personalidade ao quarto. As ripas escondem a iluminação indireta, o que ajuda a criar cenários diferentes conforme o uso do quarto.

A cadeira Charles Eames é um coringa na composição do ambiente, com linhas e cor na linguagem da casa. Essa é uma peça que serve de exemplo de como é possível trabalhar móveis com função de escritório em espaços integrados: sem divergir da linguagem proposta, esse clássico do design traz linhas simples e cores neutras.

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

A função de home office se completa com os nichos e armários que dividem a parede com a mesa, tornando-se um apoio para deixar os livros e outros objetos sempre à mão.

Para montar seu próprio home office, Larissa dá três dicas. “O ideal é você ter uma cadeira confortável, uma bancada ergonômica e um espaço bem iluminado, que de preferência não tenha visibilidade para a cama e para a televisão, para não se desestimular a trabalhar ou estudar”, ressalta.

LEIA TAMBÉM:

Sala de estar abriga home office compartilhado por mãe e filha sem perder ares de casa de vila

Estantes giratórias são solução para home office integrado com sala

Inspire-se neste home office com decoração no estilo faça você mesmo

Apartamento de 39 m² tem projeto otimizado para abrigar moradia e espaço de home office

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]