Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mesmo no espaço reduzido, a arquiteta incluiu um espaço com ducha confortável e banheira.
Mesmo no espaço reduzido, a arquiteta incluiu um espaço com ducha confortável e banheira.| Foto: Foto: Divulgação/Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores

De um cômodo essencialmente motivado pela higiene a um espaço dedicado ao relaxamento. O conforto entrou para a lista de itens necessários para a composição desta área da casa. Então, por que não incorporar de vez esta tendência e transformar um simples banheiro em um spa?

Siga HAUS no Instagram!

O primeiro elemento que provavelmente passa pela mente de quem imagina um banheiro com spa em um ambiente doméstico é a banheira. Segundo a gerente de marketing da Roca Brasil, Aline Pereira, a busca por esse produto cresceu nos últimos anos, à medida em que as pessoas passaram a adotar a ideia de montar espaços de bem-estar e renovação das energias.

Além das banheiras de imersão e das de hidromassagem, que possuem motor para gerar diferentes intensidades de jatos massageadores, outra alternativa são os ofurôs. Em um banheiro de 4,10 m², o projeto do arquiteto Bruno Moraes Arquitetura isolou a área molhada por um box que vai até o teto, gerando uma espécie de sauna.

O chuveiro de teto foi posicionado no centro do ofurô que, por sua vez, está no centro da área molhada. Revestimento cimentício contrasta com a madeira, que aquece o espaço.
O chuveiro de teto foi posicionado no centro do ofurô que, por sua vez, está no centro da área molhada. Revestimento cimentício contrasta com a madeira, que aquece o espaço.| Foto: Luis Gomes

Ali, instalou um ofurô de madeira e, centralizado, um chuveiro de teto. “Quase todo banheiro comporta um ofurô ou banheira, mas é importante verificar, no caso dos apartamentos, se a estrutura suporta o peso. Além disso, atentar também para o tamanho das aberturas. No caso deste projeto, a peça chegou desmontada, pois não passava nas portas”, orienta.

O chuveiro dos sonhos

Quando a estrutura não comporta uma banheira ou ofurô, saunas verticais, colunas de hidromassagem e duchas manuais podem ser boas alternativas. “A gente brinca que chuveiro é que nem cama. Você não pode comprar uma cama desconfortável, e esse é o mesmo motivo de decisão na hora de escolher o chuveiro”, Comenta Aline Pereira.

Segundo ela, a simples substituição de uma peça elétrica por uma a gás já proporciona mais conforto, graças ao volume de água, que é maior no segundo caso. As versões de teto também podem proporcionar mais volume e há duchas manuais com várias intensidades de jato e que atuam como massageadores.

Mais do que um simples chuveiro, as colunas de hidromassagem tornam os banhos mais relaxantes.
Mais do que um simples chuveiro, as colunas de hidromassagem tornam os banhos mais relaxantes.| Xavier Galí/Divulgação Roca

As colunas de hidromassagem também vêm conquistando espaço nos banheiros mais sofisticados. “Além de serem bonitas e trazerem uma estética diferenciada para o espaço, oferecem jatos massageadores que são super relaxantes. E muita gente pensa que um chuveiro grande vai gastar mais água, mas com as novas tecnologias, o ar se mistura com a água e eles podem ser até mais econômicos, dependendo do caso”, sugere.

Composição do ambiente

Nem toda a satisfação de um banheiro spa vem da área molhada. Algumas alterações menores ou escolhas na estrutura do espaço podem fazer uma grande diferença na ambientação, tendo o relaxamento como objetivo. Chegar em casa depois de um dia cansativo, tomar um banho relaxante e, ao sair do chuveiro, cobrir-se com uma toalha quentinha e pisar no chão aquecido, por exemplo, são ações que contribuem com o descanso.

Diferentes texturas e iluminação amarela para quebrar a rigidez do branco.
Diferentes texturas e iluminação amarela para quebrar a rigidez do branco.| Foto: Divulgação/Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores

Segundo a arquiteta Cristiane Schiavoni, pisos aquecidos já não são mais um sonho de consumo tão distante. Além disso, um toalheiro elétrico também é um acessório com custo relativamente baixo e disponível em versões de parede e de chão, que dispensa até mesmo instalações mais complexas.

“Um aspecto essencial para montar um banheiro focado no relaxamento é a iluminação. Um bom projeto luminotécnico traz luz indireta, morna, e lâmpadas mais amareladas, que proporcionam mais conforto visual”, explica. Tons mornos, como o bege, ou relaxantes, como o azul e o verde, também são recomendados. “Há revestimentos que imitam a madeira e podem ser usados na área molhada, então é possível brincar e usar a criatividade na hora de escolher”.

A iluminação azul foi utilizada para tornar o ambiente mais relaxante.
A iluminação azul foi utilizada para tornar o ambiente mais relaxante. | Foto: Divulgação/Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores

Cristiane conta que, no projeto de um apartamento em São Paulo, a cliente fazia questão que o banheiro fosse inteiro branco. A solução foi brincar com revestimentos e luz com regulagem de intensidade. “Não é uma cor relaxante, é uma cor que reflete luz, então minha proposta foi trabalhar com diversas texturas nos revestimentos. Esse movimento quebra a rigidez do branco e isso acaba trazendo um pouco mais de conforto”, detalha.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]