home-office-neuroarquitetura-feng-chui-pixabay
| Foto: Pixabay

Trabalhar em casa não precisa ser sinônimo de falta de concentração, produtividade ou organização. Com a adesão crescente de empresas em todo mundo ao modelo de home office -- como medida de contenção da propagação do coronavírus-- é preciso repensar os espaços e a disposição de móveis e objetos que temos para trabalhar em casa.

E para tornar esses ambientes o mais confortável possível, algumas técnicas podem ser aplicadas. Entre elas o oriental feng shui e até mesmo algumas vindas da neuroarquitetura-- um campo que se dedica a aliar princípios da arquitetura, a estudos comportamentais e de bem-estar.

Para além de manter um horário programado para trabalhar e tentar continuar sua rotina, mesmo em confinamento, repensar um espaço dentro de casa é fundamental para obter resultados e aumentar a eficiência.

É o que defende Priscila Bencke, especialista em neurociência aplicada à arquitetura. A especialista conta que algumas medidas simples, como trazer objetos que ficam no escritório para casa, podem ajudar a criar uma associação com o trabalho.

"Se temos itens decorativos, como porta-retratos, em nossa mesa na empresa é interessante higienizar e trazer para seu espaço de home office. Isso ajuda o nosso cérebro a criar associações neurais entre esses ambientes", explica.

A profissional também explica que investir em elementos da natureza e cores que lembrem ambientes naturais pode contribuir com a concentração. "Algumas pesquisas da área apontam que usar cores como o verde, azul e terrosos no ambiente de trabalho pode ajudar a aumentar em 6% a nossa produtividade, 15% a criatividade e também em 15% a sensação de bem-estar", exemplifica.

Ergonomia

ergonomia-homeoffice-feng-shui-neuroarquitetura
O ideal é ter uma cadeira com regulagem de altura e suporte para notebook. | Unsplash

Mais importante do que estabelecer uma conexão afetiva com o seu novo espaço, cuidar com a ergonomia é fundamental, mesmo que o período de trabalho em casa seja temporário. A regra de ouro vale para tudo, desde a cadeira até a posição do notebook.

A recomendação dos especialistas é que preferencialmente sejam utilizadas cadeiras com apoio de braço e regulagem de altura. No entanto, se este tipo de assento não estiver disponível na casa, o correto é fazer adaptações.

"Para chegar na altura ideal, que é dos pés bem apoiados no chão, é possível utilizar uma caixa, por períodos menores de tempo. Apoie a lombar usando almofadas. Também é fundamental que as pessoas atentem-se ao uso de um suporte para notebook, mouse e teclado externos", lista Bencke. "Se você não consegue elevar o notebook com um suporte, coloque livros embaixo para que a tela fique na altura dos olhos", resume.

Outro ponto de atenção elencado pela profissional é a iluminação. Sempre que possível, escolha espaços que além de serem silenciosos, sejam bem iluminados naturalmente. "Se a pessoa for utilizar luz artificial pode obter melhores resultados, é interessante que opte por uma lâmpada com temperatura de cor branca neutra, por volta dos 4 mil kelvins".

Feng Shui

homeoffice-feng-shui-neuroarquitetura
Trabalhar de frente para a porta é uma das principais orientações do Feng Shui para quem necessita tomar decisões.| Unsplash

Arquiteta e consultora de feng shui, a especialista Carolina Henares explica que o primeiro passo para preparar seu homeoffice é eleger um lugar fixo para o trabalho. "Pode ser um canto de um mesa de jantar ou até mesmo uma bancada em um quarto. Só não vale o sofá da sala ou a cama, porque esses espaços são usados para outras finalidade e prejudicam sua concentração", pontua.

Para a consultora, após definido esse espaço é preciso olhar para a organização, removendo de seu campo de visão, objetos que não são inerentes a sua atividade profissional. "Quando trabalhamos com a mesa de café colocada ao nosso lado, brinquedos em volta ou muitos objetos de decoração em nosso campo de visão, nosso cérebro passa a mapear todas essas informações nos trazendo uma sensação de exaustão mental", explica.

Além do computador, caneta, papel e outros objetos intrísecos a atividade, a profissional também recomenda a instalação de um ponto de luz, com um abajur, para clarear não só o ambiente físico como também a mente. "Se a pessoa já gosta e acredita no potencial de itens energizantes como pedras, cristais ou outros amuletos de prosperidade, é importante trazê-los para perto. Então eu recomendo objetos dourados, pedras brilhantes e outros itens que remetam a abundância financeira".

Disposição da mesa

Entender bem o que é esperado pela empresa durante a temporada em home office impacta diretamente nos resultados que podem ser obtidos nesse período. E posicionar estrategicamente o mobiliário pode ajudar, e muito, nessa missão.

De acordo com os valores do feng shui, cargos que exigem a tomada de decisões, gerenciamento e gestão de equipes vão se beneficiar melhor de um ambiente onde a mesa permita que o trabalhador fique de costas para uma parede ou armário sólido, e de frente para a porta de entrada.

"Proteger as costas dá essa segurança, ainda que inconsciente, para quem precisa tomar decisões. Estar de frente para a porta coloca a pessoa no controle de enxergar quando será interrompido e quem está entrando em seu espaço", explica Henares.

Em casa, nem sempre é possível atender essa recomendação, por isso a dica é trancar a porta do local onde está trabalhando. "Quem tem crianças em casa ou não pode fechar o ambiente, o ideal é colocar um espelho na mesa, como se fosse um retrovisor, posicionado para a porta. Também é preciso conversar com as crianças sobre a situação e pedir para que elas batam na porta e peçam licença para interromper", pontua.

Janelas e paredes

homeoffice-feng-shui-neuroarquitetura
A criatividade é favorecida no homeoffice, quando trabalhamos de frente para uma janela ou um espaço amplo. | Marie Clair Fr./ Divulgação Meide Feng Shui

Precisa de concentração total? O melhor é deixar em sua frente apenas uma parede neutra. Agora se o seu cargo exige criatividade, aposte em posicionar a escrivaninha de forma que a visão frontal esteja direcionada para um espaço amplo ou uma janela.

"Cerca de 70% da energia vital, que chamamos de chi, vem através da ventilação. Então sempre que a paisagem urbana for agradável, estar perto de uma janela favorecerá os negócios", diz Henares. "O mesmo não é válido se a sua janela der de frente para o playground do prédio ou uma rua muito movimentada e barulhenta. Neste caso, estar perto de uma janela será prejudicial para o home office", arremata.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]