i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Matéria-prima

Marca gaúcha lança móvel planejado impermeável e 100% reciclável

  • PorSharon Abdalla
  • 16/11/2020 07:00
Marca gaúcha lança móvel planejado impermeável e 100% reciclável
| Foto: Divulgação/Noca Móveis

O futuro é sustentável. A máxima que ganha cada vez mais espaço na indústria já é realidade, também, dentro das residências. E depois das linhas de móveis soltos e dos objetos de decoração, agora é a vez do mobiliário planejado avançar na temática com peças que têm a reciclagem como uma de suas premissas.

Siga a HAUS no Instagram!

A marca Noca Móveis, do grupo gaúcho Sierra, é uma das que investem no propósito. Após quatro anos de testes, ela apresenta ao mercado linhas de ambientes planejados residenciais e corporativos feitos em polyvinyl, material que promete maior durabilidade, resistência e sustentabilidade aos móveis de cozinhas, dormitórios, home office, banheiros, lavanderias e consultórios, entre outros ambientes.

| Divulgação/Noca Móveis

"Falando de uma forma leiga, o polyvinyl é um tipo de PVC, cuja base é quase 60% composta por cloreto de sódio. O sal de cozinha é muito mais fácil de se encontrar [na natureza] do que a madeira, mesmo que ela seja proveniente de reflorestamento. [O material] também é 100% reciclável. Se você quiser trocar de móvel daqui a cinco anos, por exemplo, ele volta para a fábrica, é triturado e transformado em componentes para a produção de um novo", explica Carlos Eduardo Dal Vesco, gerente comercial da marca.

Além disso, segundo ele, o material é impermeável, não propaga chamas e é bactericida, o que contribui para a saúde de pessoas alérgicas e também como solução de armazenamento para casas litorâneas, que costumam sofrer com mofo e bolor.

| Divulgação/Noca Móveis

"Ele se torna polivalente, pois é um produto que traz muitos benefícios para a saúde e a segurança, além do estético. É um material muito leve, extremamente resistente e para o qual conseguimos criar padrões de revestimentos que imitam madeira, o que esteticamente torna-o muito similar ao produto em MDF ou MDP, sendo de 10% a 15% mais barato [em relação a eles]", aponta Dal Vesco.

Atualmente a Noca Móveis conta com lojas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Para os próximos meses, está prevista a chegada da marca em novas praças, como Belém (PA) e Indaiatuba (SP). Até o final de 2021, a marca planeja abrir 50 novas lojas em todo o Brasil. O Grupo Sierra também possui a patente da tecnologia, registrada em 37 países.

Conteúdo editado por:Luan Galani
1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    Jackson Roberto Eleotério

    ± 0 minutos

    Um plástico associado com sustentabilidade? Só para quem não tem a mínima noção das emissões de carbono e do consumo de energia dos processos envolvidos. Os derivados de madeira sim acumulam CO2 da atmosfera e demandam baixa energia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso