Com design futurista, palco do Oscar 2018 terá 45 milhões de cristais Swarovski

O responsável pela cenografia é o designer Derek McLane, que há seis anos desenha os palcos para a cerimônia do Oscar

Os cenários do Oscar vão ficar pela sexta vez por conta do designer Derek McLane. Foto: Derek McLane

por HAUS

01/03/2018

compartilhe

A maior premiação do cinema mundial chega neste domingo (4) à sua 90ª edição. E, nesse ano comemorativo, a cerimônia do Oscar vai brilhar: 45 milhões de cristais Swarovski irão compor o cenário, idealizado por Derek McLane. É a sexta vez que o designer é responsável pela premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Neste ano, uma ideia mais abstrata vai tomar conta do palco da premiação. O conceito vem em contraposição ao ano passado, quando McLane apostou em uma decoração que remetia ao movimento do art déco. Em 2018, nenhuma época será homenageada. Pelo contrário: é o futuro que McLane almeja alcançar com os elementos presentes no palco.

Foto: Derek McLane/Reprodução

A parte que antecede as cortinas, chamada de proscênio, foi feita para que pareça um mural de vidros quebrados. É nela em que estarão todos os cristais, cedidos pela Swarovski — empresa que há 11 anos colabora com elementos do palco. Os 45 milhões de jóias deste ano são inéditos: no ano passado, McLane usou “apenas” 27 mil cristais.

Formas abstratas e bidimensionais ajudam a compor a aura futurista do palco. Serão espelhos, arcos e lustres que irão trazer uma atmosfera de glamour hollywoodiano à premiação. Além disso, acontecem ao fundo do palco projeções em LED que ajudam a levar para o cenário elementos que não podem ser construídos no Teatro Dolby, local onde a premiação acontece desde 2001.

Elementos de palco também contribuem para atmosfera futurista. Foto: Derek McLane/Reprodução

Em entrevista para a Architectural Digest, McLane afirmou que o filme Amadeus foi o responsável pela ideia inicial do projeto. Em parte do cenário, espelhos dançarão pelo palco, lembrando a Sala dos Espelhos do Palácio de Versalhes — marca do luxo da monarquia francesa.

Espelhos foram inspirados no Palácio de Versalhes. Foto: Derek McLane/Reprodução

O currículo do designer é extenso. Além de ter realizado o palco do Oscar nos cinco últimos anos, ele já ganhou um Tony de melhor design cênico por “33 Variations”, além de dois Emmys. O designer também já fez diversos trabalhos para a Broadway, com destaque para o musical Moulin Rouge.

Em 2017, o palco fez referência ao estilo art déco, remetendo ao passado. Foto: Kevin Winter/Getty Images

LEIA MAIS

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você