Café do MON está de cara nova e celebra identidade brasileira por meio do design

Reestruturação pensada pelos arquitetos Jaime Lerner e Felipe Guerra ainda não acabou, mas o espaço já pode ser visitado

Revitalização do café do MON trouxe a linguagem modernista do museu para dentro de suas instalações. Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

por Luan Galani

20/07/2016

compartilhe

O café do Museu Oscar Niemeyer (MON) está de cara nova. As instalações passaram por um reestruturação que prolongou para o seu interior a estética modernista da arquitetura de Oscar Niemeyer. As mudanças ainda não terminaram, mas a nova linguagem empregada já é de uma cafeteria que celebra a identidade brasileira por meio do design.

“A cafeteria tinha um papel de suporte. Mas queríamos que ela tivesse vida própria, que quem estivesse no café já se sentisse dentro do museu”, conta a diretora-presidente do MON, Juliana Vellozo Almeida Vosnika.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A mudança foi conduzida pelo arquiteto Felipe Guerra e pelo escritório Jaime Lerner Arquitetos Associados, que contaram com a parceria do prestigiado estúdio paranaense Fetiche Design e da marca de mobiliário brasileiro NOS Furniture, que comercializa peças assinadas por renomados designers.

A aliança resultou em peças de mobiliário exclusivas que foram batizadas de coleção MON. O destaque vai para a cadeira MON, que remete ao desenho de um olho, em referência clara ao museu. Sua estrutura é toda em madeira tauari e o encosto é de palhinha natural.

cadeira-mon-12

Fotos: Flavio Ribeiro/Divulgação

“Foi legal o escritório do Jaime Lerner reconhecer o nosso trabalho. Eles olharam para o design brasileiro e principalmente paranaense”, explica a dupla de designers da Fetiche Carolina Armellini e Paulo Biacchi. “Mais do que uma homenagem ao Niemeyer, foi um exercício voltado para a madeira, para o contexto dos móveis de Sérgio Rodrigues da década de 1950, para a produção de uma peça mais icônica, alegórica e voltada à arquitetura.”

Para as mesas de apoio e de jantar em Corian e mármore Carrara a inspiração foram os traços curvilíneos de Niemeyer. “As mesas grandes foram pensadas como um incentivo para a cultura coletiva de tomar café. É uma forma de conhecer outras pessoas ao dividir a mesa e também de otimizar espaço”, reforça Carolina.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A partir de 15 de agosto a cadeira será comercializada em todas as lojas representantes da NOS Furniture, como informa a CEO da empresa, Larissa Vanzo. Em Curitiba, a venda será feita exclusivamente pela Decormade Living. A peça estará disponível em três tons diferentes de madeira e na cor preta.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Os desenhos de Niemeyer também foram aproveitados. Algumas paredes que antes eram cobertas por paineis de madeira receberam adesivos amarelos com desenhos do arquiteto. A iniciativa foi do estúdio de design gráfico D-Lab, de Daniel Mazer e Henrique Borges.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Completam a cenografia os pendentes do arquiteto Pedro Sunyé. As peças de placas de acetato recortadas a laser com costura de fio de couro feita à mão trazem à baila o charme do artesanal sem perder o caráter tecnológico.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Participaram da revitalização também Infinita Surfaces, Germer Porcelanas Profissionais, Megaforma, Moncloa, Lucca Cafés Especiais, Tramontina e Chiffon Cake.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

“Com o projeto, quisemos reencontrar essa identidade cultural”, pontua Guerra. Um dos desafios foi pensar em como levar a arte tão presente nas outras instalações do museu para o café. A sacada foi levar molduras do próprio acervo do MON, que agora decoram os panos de vidro do local. “Tem molduras com quase cem anos de idade que já emolduraram obras de grandes pintores do Brasil e do mundo. Elas carregam alma, história”, diz o arquiteto. Em breve, as molduras receberão etiquetas que contarão a história de cada uma. Sem falar que as molduras também funcionam como elemento interativo para as pessoas se fotografarem no espaço.

Fotos do ambiente reformado do café do Museu Oscar Niemeyer para a Revista HAUS. Local: Museu Oscar Niemeyer. Rua Mal. Hermes, 999.

Fotos: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

LEIA TAMBÉM

>>> Jaime Lerner lança sua primeira peça de mobiliário

>>> Oppa vai abrir loja em Curitiba

>>> Curitiba tem um dos 20 melhores estúdios emergentes de arquitetura do mundo

 

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber
SERVIÇO

MON Café: Rua Marechal Hermes, 999, de terça a domingo, das 10 às 19 horas, fone (41) 3350-4458.

8 recomendações para você