Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Coleção 20Curitiba60 do artista Rômulo Lass transforma em azulejaria cinco desenhos frequentemente encontrados em casas brasileiras entre as décadas de 1920 e 1960.
Coleção 20Curitiba60 do artista Rômulo Lass transforma em azulejaria cinco desenhos frequentemente encontrados em casas brasileiras entre as décadas de 1920 e 1960.| Foto: Rômulo Lass

O artista Rômulo Lass eternizou em uma coleção recente de azulejos alguns dos desenhos mais comumente encontrados em casinhas e prédios antigos de Curitiba, mas que também podem ser vistos em diversas residências e edifícios pelo resto do Brasil. A coleção foi batizada de 20Curitiba60, em referência ao recorte temporal dos espaços construídos observados, que vão de 1920 até 1960.

São cinco desenhos que reinterpretam as texturas do chão de caquinhos e das paredes de pedras, o formato da telha capa canal, o vitral de janelas, a forma das esquina chanfradas e as linhas curvas dos adornos de ferros.

Siga a HAUS no Instagram

Livro sobre residências vernaculares de Curitiba foi o ponto de partida para a coleção de Rômulo Lass.
Livro sobre residências vernaculares de Curitiba foi o ponto de partida para a coleção de Rômulo Lass.| Rômulo Lass

A ideia surgiu a partir de um trabalho de ilustração que Rômulo fez para o livro "Inventário de Arquitetura Residencial Curitibana", dos arquitetos Fábio Domingos Batista e Paula Domingos Fraiz Morais. A obra estudou as edificações residenciais vernaculares, levantadas por artesãos e construtores anônimos, cheias de detalhes construtivos bem ricos.

| Rômulo Lass

"Essas casas tem uma conexão com a minha infância, com a casinha do meu bisavô, onde eu nasci", relata Rômulo. "Foi um grande trabalho emocional relembrar esses detalhes, poder visitar outras casas, olhar para esses elementos do mesmo jeito e com o mesmo carinho que olho para a casa do meu bisavô."

| Rômulo Lass

Para Rômulo, artisticamente esse trabalho também foi muito motivador por ser inspirado em elementos existentes e regionais que podem ser transformados em desenho mais simples, mas que na repetição fica interessante. "Apesar de serem elementos de casas daqui, pode ser utilizado em qualquer lugar porque abraça bastante a cultura brasileira".

| Rômulo Lass

Os azulejos são no formato clássico 15,4 x 15,4 cm e são vendidos em caixas com 21 peças, suficientes para revestir uma superfície de meio metro quadrado.

Clique aqui para mais informações sobre a coleção.

| Rômulo Lass
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]