Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Consórcio-imóveis
Desde que caiba no orçamento, parcela de consórcio ajuda na concretização de sonhos maiores, como o da casa própria.| Foto: Unsplash

A cultura de poupar dinheiro não é algo enraizado entre os brasileiros: mesmo com mais informações sobre a importância de se ter uma reserva financeira, pesquisas como as do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e do Datafolha apontam que, em média, 50% dos brasileiros não guardam nenhuma parte dos seus rendimentos.

Por isso, se comprometer com uma parcela mensal que te leve a concretizar sonhos maiores, como o do automóvel ou da casa própria, pode ser um bom meio de se planejar e levar uma melhor qualidade de vida para a família. Essa ideia norteou o "Papo de Consórcio", uma parceria entre a HAUS e a Ademicon, pioneira e especialista em consórcio imobiliário, que ocorreu na noite desta terça-feira (9).

Siga a HAUS no Instagram

A CEO do Grupo Ademicon, Tatiana Schuchovsky Reichmann, e os consultores financeiros Handerson Brito e Adriano Bruni responderam a dúvidas do público sobre a modalidade, que enviaram as perguntas pelo chat do evento gratuito. Você pode ver o webinário ao fim desta matéria.

A CEO do Grupo Ademicon, a empresáriaTatiana Schuchovsky Reichmann, afirmou que, apesar do produto consórcio ter 60 anos de Brasil, a busca da empresa paranaense é por tecnologia em primeiro lugar.
A CEO do Grupo Ademicon, a empresáriaTatiana Schuchovsky Reichmann, afirmou que, apesar do produto consórcio ter 60 anos de Brasil, a busca da empresa paranaense é por tecnologia em primeiro lugar.| Pixabay

Ter a possibilidade de adquirir um imóvel comercial - e não só residencial - , usar a carta de crédito do consórcio para a quitação de um financiamento e também para realizar reformas foram algumas das questões respondidas pelo time. "Desde que a parcela caiba no orçamento familiar, o consórcio é um produto que vale muito a pena e promove qualidade de vida. Cada cliente que realiza seu sonho, a realização é nossa também", salientou a CEO.

"A parcela pode trazer uma imensa possibilidade de adquirir um bem. E a pessoa vai maturando esse projeto. O consórcio faz o tempo trabalhar a seu favor. É algo que faz todo o sentido na questão do planejamento", frisou Bruni.

Segundo Tatiana, o aumento pela procura do consórcio foi notório em 2020: a Ademilar teve um crescimento de 38% em relação a 2019. E em 2021, já bateu recordes de venda. "Isso mostra a necessidade que as pessoas têm de se planejar para viver melhor. Com esse período de pandemia nós demos mais valor ao espaço em que a gente vive. E o consórcio foi muito parceiro neste momento para auxiliar as pessoas".

É possível usar a carta de crédito do consórcio para pagar mão de obra de reformas, arquitetos e engenheiros, e até mobiliário e objetos de decoração.
É possível usar a carta de crédito do consórcio para pagar mão de obra de reformas, arquitetos e engenheiros, e até mobiliário e objetos de decoração.| Bigstock

Troca de um imóvel por outro de maior metragem foi um dos comportamentos mais notados pela empresa neste último ano, mas há também quem busque a modalidade para reformar o imóvel em que vive. Sim, é possível destinar o consórcio para isso. "O imóvel precisa estar averbado e se pode utilizar até 50% do valor do imóvel como critério de reforma, e com contrato de um arquiteto ou engenheiro", explica Brito.

Além de veículos e imóveis, outros bens como tratores, máquinas agrícolas e máquinas de construção civil também são meios alienáveis, ou seja, podem ser adquirido por meio de consórcio, segundo os especialistas.

Consórcio é investimento?

O debate sobre essa questão é extensa mas, olhando sob o prisma de realizar um planejamento de vida, a modalidade é, sim, um investimento, crava Handerson Brito. "Se é algo parte do planejamento familiar e te trará ganhos, é um investimento e o dinheiro do consórcio tem muito valor".

Uma das vantagens, diz ele, é que o consórcio aumenta o poder de compra por ter correção via INCC (Índice Nacional de Custo da Construção), que foi de 8% em 2020 e teve uma média de 6,5% nos últimos anos.

Fachada da Ademilar
Ademilar teve um crescimento de 38% em consórcios em 2020. | Divulgação

Brito exemplifica: em 2020 uma pessoa que paga uma parcela de R$ 400 ao mês para um crédito de R$ 100 mil. Ao final, o valor passou a ser de R$ 108 mil, uma rentabilidade interessante considerando a taxa de juros cada vez menor para investimentos em renda fixa, e praticamente irrisória para a poupança, que rendeu menos do que a inflação no ano passado.

Nova marca - Ademicon

No webinar, a CEO falou sobre uma das novidades de 2021: a Ademicon, holding da Ademilar, fruto da fusão com a Conseg. "São duas empresas paranaenses com quase 30 anos de mercado que uniram o know-how para oferecer um produto de excelência". Com isso, a Ademicon se torna a maior administradora independente de consórcios no Brasil no segmento de imóveis e pesados; há parcerias com mais de 20 marcas, como a gigante New Holland.

De acordo com Tatiana, nos próximos três anos está nos planos da Ademicon abrir mais de 200 lojas; ela contou ainda que a empresa deve abrir capital em breve na Bolsa de Valores.

Assista ao webinar completo:

Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]