Patrocínio

5 macrotendências para a casa consolidadas no Salão do Móvel de Milão 2019

Principal evento de design do mundo, feira reforça características que trazem personalidade e aconchego aos espaços

Foto: Vitra/Divulgação

por Gazeta do Povo*

10/04/2019

compartilhe

Os lançamentos assinados pelas marcas e designers mais renomados (e desejados) do planeta não são os únicos a atraírem os olhares na Semana de Design de Milão. Maior evento do setor do globo, o Salão do Móvel abriu suas portas nesta terça-feira (9) trazendo em seus pavilhões de design a confirmação de tendências apontadas na edição 2018 do evento, que fazem da casa um refúgio aconchegante sem abrir mão do apelo estético e da qualidade dos materiais.

Apresentadas sozinhas ou em composições, elas ganham tamanho espaço que, mesmo ao visitante mais desavisado, é impossível não notá-las. Confira cinco delas e se inspire para compor ou renovar a decoração de casa.

>>> Acompanhe nossa cobertura em tempo pelo Instagram

Cores que acolhem

Quentes e aconchegantes, os tons terrosos garantiram o seu lugar entre os mais requisitados nomes do design mundial. Aparecendo em peças isoladas a ambientes inteiros, eles garantem um estilo sóbrio, uma pegada boho ou uma composição com cores vibrantes, que também vêm com força em 2019.

Sofás e pufe da Tacchini Italia Forniture.

Cama do estúdio Gam Fratesi para Dedon.

Pufes por Swedese.

A ordem é misturar

Madeira, metal, veludo, couro, pedra. Se sozinhos estes materiais dão forma a peças indescritíveis, misturados resultam em trabalhos refinados com estética instigante, que aguça os sentidos e dá asas à criatividade dos profissionais.

Poltrona com peseira, da Kartell, mistura madeira, metal e couro.

Sofá da Lago design tem pés em vidro e assento em tecido.

Cama da Tribù tem estrutura em metal, madeira e tecido.

Retrô revisitado

Sucesso entre os anos 1940 e 1960, o granilite reconquistou de vez seu lugar no universo do design. Mais do que isso, o revestimento caracterizado pela composição de concreto, mármore e granito saiu do piso e se espalhou pelos pavilhões do Salão do Móvel, aparecendo na ambientação dos espaços e em móveis para a sala.

Sofá de Patrícia Urquiola para a Moroso.

Mesa Capellini Design.

Muitos em um

Não é só para melhor aproveitar os espaços. Os móveis multifuncionais ganharam cores, usos e dimensões que fazem deles itens de desejo que transitam da casa aos espaços comuns e corporativos com a mesma desenvoltura.

Poltrona-chaise, em couro, da Natuzzi.

Sofá-cama-arquibancada Maracanà, de Emanuele Magini, para a Campeggi.

Mesa-banco da Butzke.

O mundo é redondo

Adeus, cantos! Se Milão deixa um recado nesta edição 2019, é a preferência das marcas pelas formas arredondas. Elas aparecem em peças de diferentes tamanhos, propostas e usos, conferindo um ar mais acolhedor e menos racionalista aos ambientes.

Cama Yvete, de Chiara Andreatti, para Wiener Giv Design.

Banco Orfeo, de Emanuele Magini, para a Campeggi.

Coleção Copa, de David Ramos e Jordi Bassols para a Viccarbe.

*Daliane Nogueira e Sharon Abdalla.

LEIA TAMBÉM

Design brasileiro é destaque na abertura da Semana de Design de Milão 2019

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você