i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mobiliário online

Mobly amplia catálogo para vender itens importados e móveis usados

  • PorLuciane Belin, especial para HAUS
  • 10/06/2020 10:43
Foto: Divulgação/Mobly
Foto: Divulgação/Mobly| Foto:

A um ano de completar uma década de operação, a Mobly acaba de anunciar novidades que devem impactar duas diferentes fatias de mercado das compras online de móveis e itens de decoração.

Siga HAUS no Instagram!

Com o suporte de uma parceria com a startup uruguaia nocnoc, a loja agora comercializa itens importados de marcas com a Amazon e a Xiaomi, em uma sessão especial do site. Além disso, a empresa também passou a vender itens de segunda mão num endereço dentro da própria loja virtual.

Foto: Divulgação/Mobly
Foto: Divulgação/Mobly

A seção Mobly Internacional já está no ar com cerca de 200 opções de produtos, focados principalmente em smart home e decoração. Até o final deste ano, segundo a diretora de Marketplace da empresa, Hilka de Castro, o catálogo deve chegar à marca de mil itens e dezenas de marcas.

A parceria com a startup sul americana foi uma opção, segundo ela, para alavancar a novidade, em sua fase inicial, facilitando a mediação e a distribuição com mais marcas, aproveitando o know-how da nocnoc no segmento. “Estamos tentando ao máximo ampliar nossos nichos de mercado e incluir os produtos internacionais já estava na estratégia da empresa. A parceria com a nocnoc veio na hora certa e contribuiu com a prospecção de sellers e integração de novos produtos”.

Foto: Divulgação/Mobly
Foto: Divulgação/Mobly

No catálogo de importados estão disponíveis desde itens como lâmpadas, sensores e adaptadores até aparelhos de integração smart home como a Amazon Echo e Echo Dot, vendidos com as mesmas lógica de compra dos produtos nacionais.

“A estimativa é que a entrega seja feita em até 35 dias, considerando que ao chegar ao Brasil, o pedido é liberado pela alfândega para então seguir para o cliente. Os pedidos poderão ser acompanhados e rastreados, pelo site da Mobly”, explica, ressaltando que a política de cancelamento ou troca seguirá as normas já adotadas pela loja virtual.

Móveis usados

A ampliação de portfólio também levou à inclusão de um novo selo de Usados, que tem como objetivo, segundo a diretora de marketplace, oferecer uma alternativa principalmente àqueles clientes que querem renovar a casa com peças da loja, mas precisam se desfazer de itens adquiridos anteriormente na própria Mobly.

Foto: Divulgação/Mobly
Foto: Divulgação/Mobly

Para selecionar as peças a serem vendidas na loja, a marca faz uma curadoria e cobra uma taxa de 15% sobre a venda do móvel. A empresa planeja iniciar um sistema de descontos nos móveis novos para quem incluir um item seminovo no carrinho, mas o programa ainda está em fase de elaboração.

Por enquanto, o serviço de usados está disponível apenas para a cidade de São Paulo, com plano de expansão o entorno da capital.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.