Com ambiente inovador, “escola do futuro” estimula o aprendizado

Projeto finlandês envolve a comunidade nas atividades, e libera alunos de padrões de comportamento das escolas tradicionais

Alunos fazem trabalhos em grupo, e têm liberdade para sentar onde quiserem (Divulgação/Andreas Meichsner)

08/09/2016

compartilhe

Fachada da Saunalahti school em Espoo, na Finlândia (Divulgação/Andreas Meichsner)

Fachada da Saunalahti School em Espoo, na Finlândia (Divulgação/Andreas Meichsner)

Um dos maiores desafios no processo do ensino infantil é tentar despertar nas crianças o gosto pelo aprendizado. É comum ver a alegria dos pequenos em participar do primeiro dia de aula ser quase frustrada por as escolas não serem necessariamente um ambiente agradável e atraente como uma criança pudesse sonhar. E embora muitas tentativas diferentes na forma de transmitir o conhecimento tenham sido feitas, o pensamento é quase unânime: crianças não gostam da escola, e não gostam de estudar. Porém uma escola na Finlândia está tentando uma nova abordagem ao problema.

Ambientes são amplos e bem iluminados por janelões virados para o jardim (Divulgação/Andreas Meichsner)

Ambientes são amplos e bem iluminados por janelões virados para o jardim (Divulgação/Andreas Meichsner)

Diferente desde o projeto arquitetônico do prédio, a Saunalahti School (Espoo, Finlândia) tenta proporcionar aos seus alunos – desde jardim de infância até escola secundária – uma oportunidade de finalmente gostar do ambiente escolar, e desenvolver interesse pelo processo de aprender. Mais parecido com um museu, o edifício tem ar de universidade, e também abriga um teatro, cafeteria, clube de jovens, academia, oficinas e biblioteca. Alguns setores do colégio foram planejados para servir a comunidade do entorno da escola. A ideia é permitir um maior envolvimento e participação dos pais e amigos na caminhada das crianças.

Além das classes, cafeteria e ginásio, a biblioteca também é comunitária (Divulgação/Andreas Meichsner)

Além das classes, cafeteria e ginásio, a biblioteca também é comunitária (Divulgação/Andreas Meichsner)

Em sala de aula, os pequenos não precisam da tradicional cadeira, embora os assentos tenham regulagem. Mas há a opção de banquinhos e puffs, ou até mesmo o chão. Além das salas, os professores têm à disposição o jardim, num terreno de 10.500 m². Os ambientes são amplamente arejados e iluminados pelos janelões voltados para o mundo lá fora, o que permite uma ideia de conexão com o externo. Os ambientes separados para cada idade são distintos, mas não existem barreiras entre os setores. E nada de quadros negros: o uso de laptop é recomendado e encorajado, e as crianças participam de projetos em equipe, desde cedo.

Adultos da comunidade podem participar de aulas dos alunos (Divulgação/Andreas Meichsner)

Adultos da comunidade podem participar de aulas dos alunos (Divulgação/Andreas Meichsner)

Por se tratar de um país com temperaturas baixas, a Saunalahti School foi projetada com materiais naturais que ajudam a tornar o ambiente mais aquecido, promovendo uma atmosfera relaxante e confortável. Diferentes padrões podem ser encontrados nos tijolos do revestimento externo, para incentivar o aprendizado. As salas são pintadas em cores vivas, e cada ambiente tem uma cor, para ninguém se perder. No final do dia, as áreas de prática esportiva e as oficinas são abertas aos vizinhos, que podem se divertir e realizar atividades de esporte, além de desenvolver projetos.

Oficinas são abertas à comunidade no período da tarde (Divulgação/Andreas Meichsner)

Oficinas são abertas à comunidade no período da tarde (Divulgação/Andreas Meichsner)

A ‘escola do futuro’ da Finlândia já ganhou prêmios de inovação no ensino, e aos poucos está mudando a cultura local em relação ao estudo. Mais do que isso, o projeto pedagógico e as instalações da Saunalahti servirão de modelo em um futuro próximo, para pensarmos na educação de uma forma diferente e mais atrativa.

Saunalahti School, na Finlândia, está inovando com novas formas de ensino e estrutura diferenciada para comunidade de Espoo (Divulgação/Andreas Meichsner)

Saunalahti School, na Finlândia, está inovando com novas formas de ensino e estrutura diferenciada para comunidade de Espoo (Divulgação/Andreas Meichsner)

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você