Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Ideias
  3. Ideias 39: Qual o segredo das nações ricas?

podcast

Ideias 39: Qual o segredo das nações ricas?

Os blogueiros da Gazeta do Povo Alexandre Borges e Rodrigo Constantino comentam o ranking de liberdade econômica da Fundação Heritage

  • Da Redação
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Todo ano a Fundação Heritage, dos Estados Unidos, publica um levantamento global de liberdade econômica (Veja o ranking completo de 2018 publicado com exclusividade pela Gazeta do Povo). O propósito é mostrar que quanto maior o índice, maior o desenvolvimento de um país. Não é à toa que as nas primeiras posições, entre 180 países, aparecem nações ricas: Hong Kong, Singapura, Nova Zelândia, Suíça e Austrália, e nas últimas posições estão países pobres e socialistas: Cuba, Venezuela e Coreia do Norte. 

O ranking leva em conta requisitos básicos como se a lei funciona adequadamente no país em questão, ou seja, se os contratos têm valor, se a justiça funciona adequadamente e o governo é íntegro. O tamanho dos governos também foi levado em conta, contando a favor governos que não enchem seus cidadãos e empresas de impostos e gastam racionalmente, além de apresentar uma boa saúde fiscal. A regulação também é importante para compor o ranking: isso conta na hora de abrir ou fechar uma empresa e obter licenças, por exemplo. Uma legislação trabalhista mais flexível é outro ponto a favor, assim como países onde os preços não são controlados e não impõem barreiras para o comércio exterior. 

Obviamente, levando tudo isso em conta, o Brasil ocupa uma vergonhosa centésima quinquagésima terceira posição, atrás de potências como a República Democrática do Congo, Serra Leoa, Haiti, Lesoto, Mongólia e da Guiana. 

Com um índice de 51,4, o Brasil fica entre os países com economia majoritariamente não livre, um pouco acima dos que têm a economia reprimida. 

Nossa vizinha, a Argentina foi elogiada no relatório da fundação por apresentar um desenvolvimento notável pelo segundo ano consecutivo. Segundo o relatório, desde que Mauricio Macri chegou à presidência, importantes reformas foram implementadas, estimulando os negócios e a competitividade. 

Os blogueiros da Gazeta do Povo Rodrigo Constantino e Alexandre Borges comentam o ranking, que a Gazeta do Povo está publicando com exclusividade no Brasil.

Ouça o podcast apertando o botão  play abaixo


8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE