i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Grupo de Lima

Argentina se recusa a apoiar declaração contra ditadura venezuelana

    • Gazeta do Povo
    • 14/10/2020 14:30
    fernández
    Presidente da Argentina, Alberto Fernández| Foto: Divulgação/ESTEBAN COLLAZO/Presidência Argentina / AFP

    O Grupo de Lima renovou seu apoio ao presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, e voltou a rechaçar as eleições parlamentares organizadas pelo ditador Nicolás Maduro, marcadas para dezembro e que não devem ser reconhecidas por grande parte das nações democráticas ocidentais. Em uma declaração emitida nesta terça-feira (13), o grupo de países latino-americanos também pediu que se investigue "a fundo as conexões do regime ilegítimo com o crime organizado, o terrorismo e as redes de corrupção transnacionais, o narcotráfico, o tráfico de pessoas e o contrabando". A declaração pode ser lida na íntegra, em português, no site do Itamaraty, já que o Brasil é um dos signatários.

    Todos os países do Grupo de Lima – Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Venezuela (governo de Guaidó) – apoiaram o texto, com uma notável exceção: a Argentina.

    A posição do país quanto ao regime chavista mudou quando Alberto Fernández assumiu o cargo deixado por Maurício Macri, que tinha uma postura muito mais dura contra Maduro, similar à do presidente Jair Bolsonaro. O Ministério das Relações Exteriores publicou um comunicado nesta terça-feira, explicando o posicionamento atual da Argentina sobre o assunto.

    No documento, a Argentina diz que não reconhece Guaidó como presidente interino da Venezuela, salientando que o opositor venezuelano nunca teve o poder de facto sobre o governo do país. Também explica que não concorda que a crise humanitária na Venezuela tenha impacto sobre a segurança e estabilidade da região.

    "Neste contexto, preocupa o apelo do Grupo Lima a uma convergência com os atores internacionais para uma resposta comum no sentido de 'restaurar a democracia e o Estado de Direito'. Este apelo à intervenção extrarregional, que emerge quase abertamente da declaração de hoje, não corresponde à gravidade dos problemas nem ao tipo de desafios que a Venezuela enfrenta. Muito menos pode ser admitido um curso de ação que poderia gerar um precedente com consequências imprevisíveis para a América Latina e o Caribe", disse o ministério das Relações Exteriores nesta terça-feira.

    Ou seja, o governo Fernández não concorda com a postura de enfrentamento ao regime chavista, é contra as sanções e acredita que o papel da comunidade internacional seja o de "colaborar na facilitação do diálogo" para que os próprios venezuelanos resolvam a crise – parecendo ignorar as inúmeras tentativas de diálogo que no decorrer dos últimos quatro anos ajudaram a consolidar Maduro no poder.

    "A Argentina sempre manterá seu compromisso com a defesa dos direitos humanos e respeitará os princípios de não ingerência, paz e solução política e democrática da crise venezuelana", concluiu a pasta.

    12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 12 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • X

      Xis Morcego

      ± 16 horas

      Hermanitos están jodidos!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • S

        Stanislau Surek

        ± 18 horas

        O problema na Argentina é que metade é funcionário público e a outra metade quer ser. Como pode dar certo?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • P

          Paulo Santos

          ± 20 horas

          Se você que está lendo for GAY, MULHER ou NEGRO, e acredita que a esquerda o defenderá em alguma situação, ACERTOU, mas com um "insignificante detalhe", SÓ SE FORES DA CANHOTA. Tens direito se OBEDECERES a regra. Direito de escolher ? Tá doido ? Direito de decidir ser da Esquerda Radical ou Ultra Radical. Aí pode, tudo bem !

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • P

            Paulo Santos

            ± 20 horas

            Alguém surpreso ? Levante o braço !

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • F

              Fabiano

              ± 20 horas

              Mais alguns anos e infelizmente o clube de Lima terá que emitir uma nota repudiando a ditadura kischneriana na Argentina. Questão de tempo.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • A

                Andreas Milla

                ± 20 horas

                Claro que não vão apoiar, são coniventes e cúmplices de Maduro. Dentro de pouco tempo a Argentina estará igual à Venezuela, e teremos, em consequência, milhares de refugiados Argentinos aqui, que nem os Venezuelanos. É triste ver que mesmo no Brasil, tem muita gente que apoia esses regimes sanguinários. São os mesmos que ainda pensam que o sapo barbudo é honesto... Até onde vai a cegueira desse povo...

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • N

                  Nico Gavelick

                  ± 21 horas

                  Esse Fernandez, daqui a pouco, estará que nem Dilma, que defendia "diálogo" com o Estado Islâmico.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Luigi Tenco

                    ± 21 horas

                    Argentina tinha tudo pra ser pais do Primeiro Mundo! Caiu na mão do Perón, o bisavô dos bolivarianos, e deu nisso!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • P

                      Paulo Eugênio Anunciação

                      ± 21 horas

                      Os "politamente-corretos" sempre querem negar: Ditadura da turma deles não é ditadura; só é ditadura se for da turma que faz oposição a eles. Para essa turma, Venezuela, Coréia do Norte, Cuba, etc, não são ditaduras ! ! !

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • M

                        Maquiavel

                        ± 21 horas

                        Esquerdista é a criatura mais asquerosa e desprezível que pode existir

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • M

                          Marcos Ctba

                          ± 22 horas

                          LÁ ESTÁ PIOR E/ OU IGUAL QUE OS PTBEAS AQUI FIZERAM NO GOVERNO DO BRASIL 30 ANOS DE ATRASO OU MAIS , LAMENTÁVEL

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • M

                            Maquiavel

                            ± 24 horas

                            Argentina = lixão da América Latrina

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            Fim dos comentários.