• 19/10/2020 13:17
US-Brazil Connect Summit

“Queremos garantir que Maduro não lidere a Venezuela novamente”, diz Pompeo

  • 19/10/2020 13:17
    • Estadão Conteúdo
    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o chanceler do Brasil Ernesto Araújo, durante a vista do americano a Roraima, na sexta-feira (18): ato de campanha para a Trump ou visita diplomática?
    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o chanceler do Brasil Ernesto Araújo, durante a vista do americano a Roraima, na sexta-feira (18)| Foto: Bruno Mancinelli/AFP

    O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou no evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos EUA, que os EUA querem garantir que Nicolás Maduro não lidere novamente a Venezuela. Segundo Pompeo, os venezuelanos querem voltar para o seu país, para as suas famílias e os EUA e o Brasil estão determinados a apoiá-los. "O Brasil e EUA querem criar esse ambiente. Os países vizinhos entendem o desastre da Venezuela".

    O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, que também participou do evento online, disse que o regime de Maduro não é legítimo e que é preciso mostrar que não tem espaço no continente. Segundo ele, o regime de Maduro é uma ameaça à liberdade de toda a região. O chanceler ainda afirmou que EUA e Brasil querem ajudar a Venezuela a recuperar a democracia e o respeito aos direitos humanos. "Precisamos mostrar que esse tipo de regime não tem espaço. Brasil e EUA estão à frente de um movimento para devolver esperança à Venezuela. Temos que atacar o crime organizado para possibilitar Venezuela voltar à normalidade".

    Araújo ainda defendeu que os países que apoiam Maduro precisam entender que apoiam o terrorismo. "Os governos anteriores no Brasil apoiaram a criação deste pesadelo na Venezuela. O Brasil ajudou a criar o problema na Venezuela e precisa ser agora parte da solução".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.