Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pessoas em estação de trem em Shangai, China, se dirigem a trem que passa por Wuhan, 28 de março de 2020
Pessoas em estação de trem em Shangai, China, se dirigem a trem que passa por Wuhan, 28 de março de 2020| Foto: Hector RETAMAL / AFP

A China escondeu o tamanho real da epidemia do novo coronavírus no país, subnotificando o número de casos e o número de mortos pela infecção, segundo a conclusão de um relatório confidencial da inteligência dos Estados Unidos, informou nesta quarta-feira (1) a Bloomberg, que ouviu três autoridades americanas sob condição de anonimato.

As autoridades não ofereceram detalhes do relatório à publicação, mas afirmaram que o relatório público de casos de mortes por covid-19 na China é intencionalmente divulgado de forma incompleta. Dois dos oficiais disseram que o relatório conclui que os números da China são falsos.

A China registrou até esta terça-feira 82.361 casos confirmados, dos quais, 76.405 já se recuperaram. No país, o número de mortes é de 3.316, segundo a plataforma da Universidade Johns Hopkins (EUA) que compila os dados globais.

Moradores de Wuhan relatam que os crematórios estão lotados de urnas com as cinzas de falecidos por covid-19. Segundo reportagem da Vice, na semana passada, 5 mil urnas foram entregues para um único crematório em Wuhan em dois dias. A cidade tem sete crematórios no total.

A cidade de Wuhan, de 11 milhões de habitantes, reabriu parcialmente no dia 28 de março, após mais de dois meses de quase total isolação.

A China relatou queda no número de novos casos da doença e, nesta quarta-feira, começou a divulgar também os casos de pacientes sem sintomas. A Comissão Nacional de Saúde do governo comunista chinês afirmou que quase todos os 36 novos casos registrados na terça-feira envolviam pessoas que vieram de fora do país. No dia anterior, foram registrados 48 casos. Além desses casos, segundo a autoridade de Saúde do país, foram registrados 130 novos pacientes da doença contagiosa que não apresentam sintomas.

Conteúdo editado por:Helen Mendes
12 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]