i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Artigo

Protestos no Chile, orquestrados e espontâneos

  • PorLucas Azambuja
  • 02/11/2019 18:00
Milhares de pessoas protestam em Santiago, capital do Chile, 25 de outubro de 2019
Milhares de pessoas protestam em Santiago, capital do Chile, 25 de outubro de 2019.| Foto: PEDRO UGARTE / AFP

Os protestos que vem ocorrendo no Chile e em outros países latino-americanos estão sendo interpretados de duas maneiras: uma ação orquestrada do grupo político bolivariano do Foro de São Paulo ou uma reação espontânea e popular contra as “políticas neoliberais”. De certo modo, essas duas interpretações não são mutuamente excludentes.

É ingenuidade atribuir a essas manifestações um caráter orquestrado por uma organização – por mais recursos que essa organização disponha. Também é achar que protestos maciços e realizados quase no mesmo período em diferentes países podem ser atribuídos a uma causa tão vaga como as “políticas neoliberais”. O fato é que “espontaneidade” e “coordenação” interagem uma com a outra em processos dessa natureza. A literatura científica sobre movimentos sociais de ação coletiva mostra que um movimento de massa espontâneo pode amadurecer e adquirir um centro organizador, e uma ação organizada que adquire visibilidade pode desencadear uma onda de manifestações de massa. É provável que o que está ocorrendo na América Latina seja o segundo caso, muito em razão do papel das redes sociais.

Se houve um movimento inicial articulado e coordenado, o desafio agora desse grupo é controlar a direção política desses protestos

Na era das redes sociais, pequenos eventos ou atos podem atrair a atenção e desencadearem uma outra série de eventos políticos de grandes proporções. As redes sociais baratearam o custo de divulgação de uma pauta política e de mobilização de massa. Por isso, através de pequenos grupos militantes, realizando atos de visibilidade, pode-se divulgar facilmente uma pauta de reivindicações que atraia adesão espontânea e também acabe por incorporar outras pautas. Vide o que aconteceu no Brasil: o que começou como manifestações contra o aumento de passagens de ônibus acabou por se tornar uma onda de protestos com pautas diferentes e até mesmo concorrentes daquelas iniciais.

Alguns fatos corroboram com essa hipótese do que está acontecendo no Chile e nos outros países da região: as declarações no dia 19 de outubro de Maduro no “1.º Congresso Internacional de Las Comunas” e do seu braço direito, Diosdado Cabello, no Foro de São Paulo, ambos atribuindo conexão entre os protestos e as pautas políticas bolivarianas; em julho uma nova articulação desse mesmo grupo político do Foro de São Paulo, surgiu no México, o chamado Grupo de Puebla, que declarou entre seus objetivos “ser um espaço de coordenação política para gerar mudanças sociais, sem partidos, mas com líderes”. E, principalmente, a notícia do jornal chileno, La Tercera, no último dia 28, que a inteligência da polícia chilena investiga a participação de agentes de Cuba e Venezuela nos ataques incendiários das estações de metrô de Santiago (aliás, o próprio ataque aponta para uma ação organizada, foram mais de 20 estações incendiadas em menos de 10 minutos).

O que pode estar acontecendo, então, é o seguinte: um grupo de militantes organizados pode ter iniciado protestos de pautas específicas, simples e populares. Os atos têm alta repercussão nas redes sociais em razão da natureza violenta e do vandalismo. Logo em seguida, é desencadeada uma mobilização espontânea, através das redes sociais, de outros grupos com pautas diversas (uma pesquisa do instituto chileno IPSOS revelou que 67% das pessoas entrevistadas atribuem como principal motivação dos protestos uma insatisfação com o custo de vida e a qualidade de serviços públicos, ou seja, uma pauta bem difusa e ampla, bem longe daquela inicial, o aumento na passagem do metrô).

Se houve, então, um movimento inicial articulado e coordenado, o desafio agora desse grupo é controlar a direção política desses protestos com pautas, agora, bastante difusas. Muitos políticos e lideranças ligadas ao Foro de São Paulo, inclusive no Brasil, estão tentando fazer isso: atribuir aos protestos uma narrativa comum, “uma revolta popular contra as políticas neoliberais da direita latino-americana”.

Algumas vezes é alcançada a direção geral do sentido político de movimentos de massas e em outras não. Aguardemos os próximos episódios para ver qual será o caso.

Lucas Azambuja, sociólogo e professor do IBMEC-MG.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • Z

    Zyss

    ± 1 horas

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • S

      Salo

      ± 4 horas

      O povo está sendo usado e vai como uma manada conduzida por poucos. Os atos violentos são por conta dos profissionais.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • B

        Baulé

        ± 6 horas

        Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • S

          Samyr

          ± 12 horas

          Ora ***** vcs enrolaram e terminaram por dizer que é o Foro de São Paulo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            Jorge Dias

            ± 17 horas

            Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • Z

              Zyss

              ± 1 horas

              censurando vc tbm...

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • M

            MBP

            ± 18 horas

            Orquestrado pelo Foro de São Paulo com apoio de militantes terroristas Venezuelanos e Cubanos infiltrados e disfarçados. No Brasil não toleraremos (civis e militares) qualquer tipo de manifestação orquestrada com depredação e violência. Fica a dica.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.