i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Editorial

Ação conjunta para os próximos passos da quarentena

  • PorGazeta do Povo
  • 26/03/2020 18:00
Praça de alimentação shopping
Praça de alimentação em shopping center de Curitiba: decretos em todo o país restringiram funcionamento de estabelecimentos comerciais.| Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Para conter o avanço do coronavírus, boa parte do Brasil adotou, como medida inicial, o isolamento geral, combinando um movimento de conscientização popular com decretos que proíbem eventos e fecham estabelecimentos comerciais, com exceção de atividades consideradas mais essenciais. A ação foi recomendada pela comunidade médica e segue a tendência mundial, mas tem custos altos e inegáveis. O dano econômico, por exemplo, é certo e intenso; sua dimensão concreta só ficará clara ao fim da pandemia, mas ele se manifestará na forma de uma quebradeira sem precedente de empresas, com consequente aumento do desemprego e até mesmo desabastecimento.

E não há como relativizar ou minimizar o impacto que a paralisação de várias atividades terá, mesmo no curto prazo. Quando o presidente da Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (Ablos), Tito Bessa Junior, afirma ao site BBC Brasil que “as empresas não têm reservas para fazer a folha de pagamento”, não exagera. A maioria absoluta das pessoas jurídicas no Brasil é de micro e pequenas empresas, que simplesmente não chegarão ao mês seguinte se não houver receita. O que ocorre com as empresas também se aplica aos indivíduos: em um cenário no qual o isolamento geral se mantenha por muito tempo, os mais pobres e parte da classe média não têm economias com as quais podem se manter caso percam o emprego ou tenham o salário suspenso ou reduzido. Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que, com apenas uma semana de quarentena, 72% dos moradores de favelas tiveram redução em um padrão de vida já baixo. Pior ainda: um terço desta população já tem dificuldade para comprar os itens básicos para a sobrevivência, como alimentos.

O dano humano do desarranjo econômico causado por uma paralisação é tão certo quanto o dano sanitário

Com a chegada da pandemia ao Brasil, o país se viu na escolha entre o confinamento geral e as restrições apenas para grupos de risco. A impossibilidade de realizar testes em massa trouxe incerteza quanto à possibilidade de que o vírus estivesse circulando livremente pelo país sem ser detectado até o momento em que fosse tarde demais. A demanda por uma resposta rápida das autoridades levou a decretos de restrição de atividades em vários estados e municípios, uma decisão compreensível à luz dos eventos mundiais e que pareceu bastante razoável à medida que as mortes se acumulavam em outros países. Prevaleceu o foco exclusivo na contenção do surto em detrimento dos custos humanos da paralisação da economia, mas agora a percepção destes custos, que já estava presente para muitos, se aguçou.

Uma vez decretadas as quarentenas, no entanto, melhor respeitá-las que cumpri-las pela metade, o que combinaria o pior de dois mundos: os negócios começariam a quebrar sem achatar a curva de contaminações. Este tempo, que os decretos estabeleceram, em média, entre 10 e 15 dias, tem de ser aproveitado com ações no campo da saúde, reforçando os meios de conter a pandemia; e no campo da economia, com governos, empresas, sindicatos e bancos buscando os meios de amenizar o inevitável impacto econômico. Mas, principalmente, é a hora de estabelecer uma cooperação entre órgãos e esferas de governo para, após uma reação inicial conturbada, com ações descoordenadas e governos atropelados pelos acontecimentos, decidir em conjunto, de forma coordenada e muito bem informada, os próximos passos.

É por isso que a injeção de recursos na forma de crédito, repasse direto ou adiamento de obrigações, medida já adotada pelo governo, é importantíssima como ação emergencial, mas o principal é ter a reabertura dos negócios no horizonte da tomada de decisões. E as autoridades precisam estar pensando nisso neste exato momento. À medida que a quarentena se desenrola, cada estado e cada cidade tem uma ideia melhor de qual é a sua realidade. Pode não fazer sentido, por exemplo, que um estado mantenha uma regra unificada para municípios repletos de casos e regiões inteiras sem um registro sequer. O problema, como disse o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em coletiva na quarta-feira, dia 25, é a impressão de que o país entrou em uma situação e não sabe como sair dela.

O dano humano do desarranjo econômico causado por uma paralisação é tão certo quanto o dano sanitário, embora este último esteja irregularmente distribuído pelo país. Mandetta pediu a cooperação de governadores e prefeitos para que a decisão política a respeito da maneira de realizar a quarentena seja feita também com base em critérios técnicos, sabendo dar o peso adequado à questão sanitária e à questão econômica. Como afirmou o ministro, é possível que regiões diferentes exijam abordagens diferentes. A avaliação dos riscos pode apontar para uma possível retomada gradual ou imediata das atividades econômicas – especialmente aquelas que precisam da presença física dos funcionários –, sem descuidar das atitudes individuais de prevenção, do desencorajamento de aglomerações, e das medidas sanitárias exigidas sempre que se confirmar um caso de Covid-19. Não é nosso objetivo neste momento discutir qual o melhor ritmo e estratégia de relaxamento – especialistas vêm sugerindo vários modelos que merecem consideração –, mas apenas ressaltar que tanto a evolução do surto quanto a quebradeira e o desemprego podem ser freados se as autoridades tiverem aproveitado a quarentena geral e preparado o país para suportar melhor a continuação da pandemia.

Este debate precisa ocorrer, na esfera pública e nos governos em todo o país, de forma desapaixonada e respeitosa quanto aos posicionamentos divergentes (algo natural em tema tão complexo), evitando arroubos como os do presidente Jair Bolsonaro em seu pronunciamento de terça-feira, dia 24. Afinal, também do ponto de vista econômico há vidas em jogo: a de famílias que perderão todo seu sustento e talvez não possam contar com apoio suficiente da comunidade ou do governo. O coronavírus cobrará – já está cobrando – um preço alto do país; mas ele não pode ser ampliado por decisões tomadas por impulso, por conveniências políticas ou por informação deficiente.

37 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 37 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • N

    Neto

    ± 13 horas

    O presidente é truculento mas provocou uma discussão necessária. Não fosse ele e ninguém saberia que é isolamento vertical. Na ciência nada é unanimidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Brasileiro

    ± 24 horas

    "Está rolando uma campanha para o bozo pular no esgoto, já que brasileiro pula e não acontece nada. #pulaBozo" Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/republica/medidas-do-governo-contra-contagio-coronavirus-economia/ Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André Bruno Carrilho Donas

    ± 24 horas

    Eu assinei este jornal, não por ele aplaudir ou criticar as ações governamentais, mas pela postura isenta. Desta forma, aplausos ou críticas devem acontecer quando, e se fizerem necessárias. Não estou interessado em jornalismo opinativo, mas que exponha os fatos. A opinião, ou o juízo de valor deve ser feito por mim, baseado no que leio. Quem só quer saber de noticia contra, a Folha é um bom lugar. E quem só quer a favor, A Voz do Brasil é ótima....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • N

      Neto

      ± 13 horas

      Editorial é opinião do jornal.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Anderson

    ± 2 dias

    O Brasil sequer testa a sua população, já tem profissionais de saúde reclamando que não estava sendo tratados também, e o povo enlouquecido feito manada seguindo o capitão que sabe de tudo né, deveriam estar cobrando dele que o governo ajude as pessoas, seguindo esse louco o colapso do sistema de saúde é eminente, o povo não entende que vivemos na nona economia mais rica do mundo, o Estado é riquíssimo,a globo mostrou ontem que o Brasil até agora só ofereceu 2% do PIB para combater a pandemia, tem países da Europa gastando até 17 %, mas a culpa não é desse governo maldoso né, a culpa é da Globo, gado é triste

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • N

      Neto

      ± 13 horas

      Vai ajudar mas não se esqueça que governo não tem dinheiro. Todo dinheiro que será gasto nós colocamos lá.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    leonardo

    ± 2 dias

    A FOME vai matar muito mais que esse coronga...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOAO CARLOS BONATTO

    ± 2 dias

    A Gazeta melhorou a postura em relação a economia mas continua criticando a fala do Presidente na Terça-feira, a verdade é que se não fosse sua fala e as reações que se seguiram a sociedade ainda estaria na inércia do vírus e só sentiria seu dano quando fosse tarde demais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    EDUARDO SABEDOTTI BREDA

    ± 2 dias

    Interessante a mudança radical de postura do editorial, de ontem para hoje. Parece que depois de os leitores sérios haverem batido duríssimo na Gazeta, hoje o discurso do jornal mudou e passa a considerar a necessidade de a atividade econômica voltar, com cuidados necessários aos grupos de risco, sob pena de enfrentarmos o caos social.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    joao cesar reinert

    ± 2 dias

    Atualmente morrem 150 pessoas assassinadas por dia no Brasil , e estava pior , não vi nenhuma comoção por isso . Quando começar a faltar dinheiro no bolso das pessoas , aí vão ter noção da desgraça que é essa paralisação !!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cavalcantejean

    ± 2 dias

    Tava indo tao bem o editorial. Foi só chegar no presidente para falar *****.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Você não aguenta ouvir uma críticazinha sequer ao Bolsonaro? Escuta aqui, rapaz: NINGUÉM é perfeito. O presidente tem méritos e tem defeitos também. Não está imune a críticas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NTL

    ± 2 dias

    Nestes momentos ficamos de frente com os diversos aproveitadores da situação. E muito fácil politicos, empresários e a mídia mais dando de lado, apresentar o discurso de que não é tudo isso, pois tidos tem recursos praticamente inesgotáveis como verba pública ou lucram com fortunas acumuladas ao longo ngo de anos. Vai mostrar os cidadãos que vivem em situação de miséria e locais onde o médico passa só Deus sabe quando. Só não temos mais casos a atitudes corajosas que foram tomadas. Agora estamos vendo atitudes de interesse escusos, vindos de cima dequem devia mostrar liderança. Temos que tomar cuidado para daqui a dois anos não voltar os piratas que estão escondidos em suas cavernas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Antonio Cousseau

    ± 2 dias

    O BRASIL E O BRASILEIRO SAIRÁ DESSA, FAZENDO AS DUAS COISAS AO MESMO TEMPO: TOMAR TODOS OS CUIDADOS E E REABERTURA GRADATIVA DA PRODUÇÃO, PARA NÃO QUEBRAR A ECONOMIA.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Irineu Berestinas

    ± 2 dias

    A Gazeta, em editorial anterior, foi com muita sede ao pote, engrossando o coro dos que querem pegar carona no vírus... O encaminhamento da questão passa pela racionalidade, nos termos sugeridos por este edital, que enalteço por apropriar-se corretamente da solução.. É aquela história: nem tanto ao mar nem tanto à terra... Não o liberou geral, mas tb. não o bloqueio horizontal...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Cavalcante da luz filho

    ± 2 dias

    A cazeta já mudou de lado,ela tá saindo de fininho,e eu também vou saindo de seu jornal devagarinho

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • P

      Paulo Ricardo Costa Pinto

      ± 2 dias

      Já vai tarde. Junto com mais uns três ou quatro, esse aqui não passa de um dos reis do blá blá blá.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Não precisa sair devagarinho, pode sair de uma vez que ninguém aqui vai perceber sua falta.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    eneida

    ± 2 dias

    O discurso do presidente pecou na forma, mas o conteúdo foi correto. Difícil mesmo é de ter que lidar com o vírus, com as consequências econômicas e epidemiológicas e ainda com governadores descontrolados, cheios de vaidade e pensando apenas nos dividendos políticos da crise. Óbvio que cuidar da economia não exclui cuidar da saúde. A imprensa, por exemplo, não cita os casos de países que não fizeram lockdown e estão se saindo bem no controle da doença. Felizmente não dependemos mais apenas da mídia tradicional para receber informação, senão estaríamos perdidos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCO ANTONIO MARTINS

    ± 2 dias

    Parabéns pela matéria, é a primeira que leio algo sem o sensassionalismo que aflingiu a grande maioria das pessoas e meios de comunicação. Infelizmente estamos experimentando um "efeito manada" em escala global, sem precedentes. Apareceram especialistas de todos os lados, mas, como podem ser especialistas de algo nunca experimentado no mundo moderno? Certamente estes profissionais são muito competentes nas suas áreas de atuação. Mas, está faltando coordenação e gestão da crise, espero que finalmente tenham encontrado o caminho. Torço para que este jornal continue nesta linha e apoie esta visão mais ampla da crise. PARABÉNS!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PAULO C.P.

    ± 2 dias

    Todos os principais líderes das maiores economias do mundo já começaram a injetar recursos para atenuar a onda de desemprego que a quarentena está trazendo. Muitos bilhões de dólares estão sendo investidos, seja para ajudar aos mais vulneráveis, seja para ajudar aos micro, pequenos e médios empresários. Enquanto isso em nosso país...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • P

      PAULO C.P.

      ± 2 dias

      Vitor Chvidchenko: parece que os últimos 3 anos de governo neoliberal Temer-Bozo não melhorou muita coisa. O Brasil vive um momento de excessão. O orçamento deve ser remanejado para a Saúde, para os mais vulneráveis e para a recuperação da economia. Todos os líderes mundias estão se planejando para isso. Onde está o Guedes? Antes você deveria ter um pensando crítico do fracasso desse desgoverno.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Sim, o que você está dizendo é verdade. Eu só te pergunto uma coisa: o Estado brasileiro atualmente possui estes recursos? Infelizmente, nosso Estado está em uma posição financeira terrível - não me parece que poderia sair liberando recursos a rodo para ajudar a população. Aliás, agradeça aos anos de governo petista pelo atual estado financeiro do nosso país.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Argenta

    ± 2 dias

    Se o Bolsonaro não tivesse jogado ***** no ventilador, iríamos ficar em casa fechadinho esperando a morte chegar...ou pelo vírus...ou pelo desespero...ou pela fome!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Bobagem. A proposta do Ministério da Saúde, desde o começo, foi fazer o isolamento total apenas neste período crítico de 15 dias. Quem te disse que o isolamento seria para sempre? Catastrofismo numa hora dessas não vai ajudar em nada.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    rodrigo adr

    ± 2 dias

    Parece que a gazeta mudou de opinião. Abandonou o discurso pueril de trancafiar todo mundo em casa até a epidemia passar, o que pode levar até 5 meses. Mas o estrago foi feito. A postura deste jornal me decepcionou e arranhou sua imagem. Precisamos de opinioes inteligentes, sensatas e racionais, que não transformem o pais em um cenario apocaliptico.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Eu sugiro a você e outros leitores bolsonaristas radicais que fundem seu próprio jornal, um jornal que só elogia o governo e o Presidente, sempre, em qualquer situação. A Gazeta, ao meu ver, realmente não serve para vocês.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • O

    odimn pesch badotti

    ± 2 dias

    Quem foi que espalhou o pânico na população através de simulações estatísticas falsas? Especuladores de bolsa como o grupo BTG através de sua empresa MAR Asset Management com gráficos bonitinhos e falaciosos, as lives do ilustre biólogo da ilibada e petista USP, todos projetando milhões de mortes no brasil. Todos com a única intenção de afundar nossa economia para obter ganhos na bolsa e políticos . Só esqueceram que com isso arrebentaram nossa vida. Mas não esqueça dos cuidados, gripe mata todo ano 650 mil pessoas no planeta. Movimento e trabalho é vida e saúde. Isolamento é doença e morte!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Teorias da conspiração numa hora dessas? Vê se toma vergonha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    carlos

    ± 2 dias

    Pelo jeito a Gazeta finalmente começa a entender que o mito é incapaz, ignorante e nocivo ao país.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      Há muito tempo que a postura da Gazeta tem sido de olhar crítico ao atual governo (sem "aprovação cega", mas também não fazendo "oposição ferrenha e sistemática" como outros órgãos por aí) - o que tem incomodado uma boa parte dos leitores por aqui, como estou observando todo dia. Pelo que posso observar, a Gazeta elogia os acertos do governo e critica seus erros. Agora, muitos leitores por aqui não gostam dessa última parte.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • B

      Bruno F. M. da Silva

      ± 2 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Darks

    ± 2 dias

    Erraram no intensidade da quarentena e no momento de implementar. Restringiram além do necessário e antes da hora. Agora, governadores, prefeitos e o editor desse jornal estão mudando de opinião, ou irão mudar em breve. Só estão em busca de uma saída honrosa.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 2 dias

    A culpa dessa bagunça toda é dos governadores e prefeitos que não aceitaram a liderança do ministério da saúde e resolveram tomar a dianteira de forma precipitada e sem base científica. Desde o começo o presidente deveria ter deixado claro que a autoridade executiva é uma ministro da saúde,becdeveria ter feito isso com respaldo do STF.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Neto

    ± 2 dias

    O presidente defendeu o isolamento vertical em seu discurso. O ministério tem de dizer quando acaba o isolamento horizontal e começa o vertical e se isto será feito por cidade, Estado ou região.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 2 dias

      O presidente não deveria defender em público idéias pessoais a respeito de questões sérias de saúde sem conversar com o Ministério da Saúde antes. Mas esta é a cara do atual governo: gente séria nos ministérios e um presidente ignorante e despreparado que fala sem pensar e sem conhecimento de coisa alguma. Se ele ficasse quieto, já ajudaria muito.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.