i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Energia

Preço cai pela metade e provoca “boom” dos painéis solares no Paraná

  • Por Célio Yano
  • 11/11/2019 19:08
Painéis de energia solar no teto da sede da prefeitura de Curitiba: sistema vai ser estendido a terminais, rodoviária e ao aterro do Caximba.
Painéis de energia solar no teto da sede da prefeitura de Curitiba: sistema vai ser estendido a terminais, rodoviária e ao aterro do Caximba.| Foto: Isabella Mayer/SMCS

O número de novas instalações de painéis solares no Paraná saltou de 2.675 no ano de 2018 para 7.729 somente nos primeiros 10 meses de 2019, segundo dados da Companhia Paranaense de Energia (Copel). Para se ter uma ideia, 65,7% dos sistemas fotovoltaicos ligados à rede de distribuição de energia do estado foram instalados apenas entre janeiro e outubro deste ano.

RECEBA notícias do Paraná no seu WhatsApp

O crescimento, exponencial, é explicado principalmente pela redução no custo dos sistemas. “Nos últimos cinco anos, o custo de instalação de um sistema fotovoltaico caiu pela metade e a tendência é cair ainda mais”, explica Julio Omori, superintendente de projetos especiais da Copel. Hoje, um projeto de 4 kilowatt pico, suficiente para suprir a energia de uma casa com quatro pessoas, custa em média R$ 20 mil.

A energia gerada que é consumida pela unidade significa desconto na conta de luz. Quando um sistema é capaz de gerar energia suficiente para compensar todo o consumo e ainda “devolver” para a rede, o cliente recebe um bônus que pode ser utilizado em contas futuras ou até mesmo em outra unidade consumidora. “Não existe venda de energia em dinheiro; a legislação preconiza a compensação”, explica o superintendente da Copel.

No Paraná, todas as instalações passam pela anuência da Copel. É preciso apresentar um projeto, com o respectivo responsável técnico, que fará a emissão de uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e o processo pode levar até 60 dias para ser liberado, dependendo da potência e da necessidade de execução de obras de reforço ou de ampliação no sistema de distribuição acessado.

Conforme dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, o Paraná é o quinto estado no ranking de geração distribuída, com 59,4 MW de potência instalada de fonte fotovoltaica. O estado fica atrás de Minas Gerais (241,9 MW), Rio Grande do Sul (189,7 MW), São Paulo (156,3 MW) e Mato Grosso (81,7 MW).

No fim do ano passado, para estimular a utilização de sistemas que utilizam a luz solar para geração de energia, a Copel lançou, em parceria com o Simepar, o Mapa Solar do Paraná, que traz informações detalhadas da radiação registrada sobre o território paranaense. Com a ferramenta, o usuário interessado tem condições de calcular a estimativa de potência dos módulos fotovoltaicos que podem suprir sua demanda por energia.

Por enquanto o impacto da geração distribuída é praticamente insignificante na matriz energética do estado. Segundo Omori, a potência gerada pelos sistemas fotovoltaicos é inferior às chamadas perdas do sistema, que ocorrem no processo de transformação da energia elétrica em térmica, nos núcleos dos transformadores, em erros de medição, “gatos”, entre outros processos. “A escala ainda é muito pequena, mas a velocidade do crescimento tem chamado a atenção”, ressalta.

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • N

    Neto

    ± 0 minutos

    Corram que a regra vai mudar, principalmente para que pretende gerar num local e consumir em outro (GD remota).

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • T

      Thiago Zucchero

      ± 6 horas

      È so nao homologar na copel. e se pesquisar direitinho consegue comprar os equipamentos mais baratos.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Maze

        ± 5 dias

        Não se animem que a COPEL e o governo devido a perdas de receitas, já vai dar um jeito de cobrar para usar a rede e abocanhar uma fatia maior do consumidor.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • N

          Neto

          ± 1 minutos

          Quem define as tarifas é a ANEEL, não a Copel.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • Z

        Zé Mané

        ± 6 dias

        O PR já não cobra mais ICMS, derrubado pela governadora(na época) Cida Borghetti, se dependesse do piá de prédio (Betinho) até hoje estaria sendo cobrado. Fomos um dos ultimos estados a deixar de cobrar. Mas A Aneel está querendo taxar o sol, vamos ver os próximos capítulos- Falou Zé Mané!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          Marcelo Santos

          ± 6 dias

          Agora só falta o estado do Paraná deixar de cobrar ICMS sobre a energia que própria população gera através de seus próprios investimentos. É um dos raros estados do país que tem essa prática. Falam em incentivo, mas por trás, operam estes absurdos.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • Z

            Zyss

            ± 6 dias

            Agora está explicado a sanha para aumentar os tributos da nova tecnologia.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.