i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Educação

Comitê “triplo” vai planejar volta às aulas no Paraná

    • Tribuna do Paraná
    • 26/06/2020 17:10
    Estudante em sala de aula
    Aulas presenciais devem ser retomadas em duas etapas, ainda em formatação.| Foto: Pixabay

    O governo do Paraná instalou nesta sexta-feira (26) um comitê para planejar a voltas às aulas no estado. A comissão será composta pelas secretarias de Educação, Casa Civil e Planejamento. A ideia é montar um plano único para o retorno dos alunos em todo Paraná. As aulas estão suspensas desde 20 de março por causa da pandemia do coronavírus.

    RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

    Ainda sem data prevista, a ideia é que as aulas sejam retomadas em duas etapas, seguindo modelos de outros países. Uma delas com turmas menores, para manter o distanciamento entre os estudantes, e a outra de um retorno híbrido, mesclando aulas presenciais e não presenciais.

    “A data de retorno é uma decisão que está muito focada na área da saúde, que vai orientar quando as aulas presenciais poderão ser retomadas. Já o comitê vai nos ajudar a definir como isso será feito, os protocolos a serem adotados na alimentação e no transporte, por exemplo, que são momentos de maior aglomeração, e os melhores modelos para as aulas”, explicou o secretário da Casa Civil, Guto Silva.

    Em São Paulo, apesar do aumento de casos de Covid-19, o governo estadual já anunciou o retorno presencial de toda a rede de ensino, tanto pública como privada, para o dia 8 de setembro.

    Alunos migram para rede pública

    As escolas vão precisar se adequar aos novos padrões de distanciamento que serão implementados pelo comitê. Uma das preocupações é com o aumento de alunos, já que segundo o governo estadual, 8.523 estudantes migraram do ensino particular para o público.

    “Se de fato esses alunos permanecerem no ensino público após a pandemia, vamos ter que fazer um novo redimensionamento de salas de aula, professores, funcionários e, claro, do orçamento da educação”, acrescentou o chefe da Casa Civil.

    3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 3 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    • L

      Lothar

      ± 19 dias

      Pelo andar da carruagem nossos alunos não voltarão as aulas neste ano. Quiçá no próximo. Estamos fadados ao atraso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • M

      MAURICIO FABIANO MAZUR

      ± 20 dias

      Se o Paraná está na curva crescente (agora) é óbvio que estamos atrás de SP , então dia 8 de novembro seria uma boa , vão carpir um trecho seus incompetentes!!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]

    • T

      Thinker

      ± 21 dias

      Essa definição, por óbvio, deveria ser feita pelo Governador, em conjunto com o Secretário da Educação e o Secretário da Saúde. O governador não deveria se omitir nesse momento, nem retirar o Secretário da Saúde dessa decisão. Ao delegar esse assunto para outras áreas, dá a impressão que Governador e Secretário da Saúde se escondem atrás da porta e fogem da responsabilidade.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • Máximo 700 caracteres [0]