i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coronavírus

Governo libera atividades religiosas; shoppings e academias pressionam por aval

  • Por Juliana Fontes
  • 21/05/2020 20:05
Igreja grega ortodoxa de São Savas no Bom Retiro.
Governo do Paraná orienta como devem funcionar as atividades religiosas durante a pandemia.| Foto: Daniel Castellano/Arquivo/Gazeta do Povo

Na tarde desta quinta-feira (21), o secretário da saúde do estado do Paraná, Beto Preto, emitiu resolução em que regula o funcionamento das atividades religiosas. As igrejas não estavam promovendo missas e cultos com a presença de fiéis desde o dia 21 de março, quando o governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) determinou algumas medidas de enfrentamento ao coronavírus, entre elas a suspensão de eventos com aglomeração de mais de 50 pessoas.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

Para a volta das atividades com público, algumas regras foram estipuladas para a realização de missas e cultos, como a ocupação máxima de 30%, garantido o afastamento mínimo de 2 metros entre as pessoas; a proibição da circulação de materiais para arrecadação de doações; o empréstimo de Bíblias; e, também, que sejam evitadas aglomerações nas entradas e saídas das cerimônias religiosas. Entretanto, o momento da comunhão, quando algumas congregações celebram a ceia, com partilha de pão e vinho, está permitido. Para isso, os líderes religiosos e os fiéis devem higienizar as mãos antes de participar do ato.

Veja a decisão:

Shoppings e academias

Os próximos serviços que devem ganhar aval pra reabrir devem ser os shoppings e as academias. Fábio Aguayo, presidente do Sindicato das Empresas de Gastronomia e Entretenimento de Curitiba (Sindiabrabar), publicou no Twitter que estava contente com um possível acordo que determinará a volta dos serviços dos centros de compras. Em comentário à própria publicação, ele diz que a volta às atividades será na segunda-feira (25). Circulares internas dos shoppings voltadas aos lojistas trabalham justamente com essa data para a reabertura.

Por meio da assessoria de comunicação, a Prefeitura de Curitiba disse que não vai se manifestar sobre o assunto e que vai aguardar o pronunciamento do governo do estado. Este, por sua vez, disse que "o Governo do Paraná reforça que qualquer decisão sobre o funcionamento de serviços considerados não essenciais deverá passar antes pela validação da Secretaria de Estado da Saúde, onde atua um comitê de especialistas que avalia eventuais solicitações de retomada de atividades econômicas. A medida consta no decreto 4.545/20."

Já as academias planejam reabertura para o início de junho. Na última sexta-feira (15), o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) decidiu que, legalmente, não há qualquer tipo de empecilho para o funcionamento dessas atividades. Isso porque os órgãos públicos apenas orientaram as atividades consideradas não essenciais a não funcionarem, mas não podem determinar o fechamento. O secretário da Saúde Beto Preto, entretanto, já indicou em entrevistas que a decisão deve ser "discutida".

7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    jose carlos ferman

    ± 2 horas

    Se o shopping dos ratos estivesse pronto...todos estariam abertos..60 dias se faturamento...deus proteja os lojistas para manterem seus funcionários...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zé Mané

    ± 3 horas

    Já passou da hora de abrir, vai quem quiser, e com as medidas de segurança necessária. Chega de mimimi, bora abrir tudo logo!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adriano

    ± 4 horas

    Muita frescura, as coisas devem voltar logo para retomarmos nossas atividades.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nikoski.M.A

    ± 8 horas

    Não há fundamentação Técnica nem lógica nem humana, nem economica.... nada , nada,,,, para que não se reabra o comercio como um todo, seguindo as normas de seguranças necessárias ao momento, justificar que este segmento empresarial pode se adaptar as novas normas de segurança higiene conduta e "aqueles outros" não ainda... é uma bizarrice sem precedentes.... Volta Curitiba, Volta Brasil....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos Andrade

    ± 10 horas

    Seria a necessidade. Supermercados vendem o "rancho", comida para abastecer residências. Shoppings apenas restaurantes e lanchonetes que em tese podem funcionar atendendo por aplicativos para entrega nas residências. Mas se liberou Igrejas, liberem tudo. Deus ouve as orações dos fiéis a partir das casas destes.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CARLOS ROBERTO TEIXEIRA

    ± 10 horas

    Se os supermercados abrem porque os shoppings não?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 21 horas

    Qual a diferença entre os supermercados abrirem e os shoppings não??

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]