Curitiba e região vão ganhar 4 novos parques
Figura mostra como ficará o novo parque em Piraquara, interligando cavas| Foto: Divulgação / AEN

A região metropolitana de Curitiba vai ganhar quatro novos parques para lazer, pesca e educação ambiental, que também servirão de reservatórios de água para abastecer o sistema da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) – o estado passa pela pior estiagem da história, com o racionamento de água por meio de rodízio nos bairros na capital e cidades vizinhas.

Receba as principais notícias do Paraná no seu WhatsApp

Nesta terça-feira (24), Dia do Rio, o governador Ratinho Jr assinou decreto que institui um grupo de trabalho para a construção de um corredor ecológico de 97 km no entorno do Rio Iguaçu. Serão dois novos parques em Piraquara (Parque Ambiental do Itaqui e Parque Ambiental de Piraquara), um entre Curitiba, São José dos Pinhais e Piraquara (Parque Metropolitano do Iguaçu) e um em Araucária (Parque Natural do Iguaçu). Além da Sanepar, participam do grupo de trabalho a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e o Instituto Água e Terra (IAT).

O plano é criar reservatórios lineares de água que vão abastecer as barragens do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana. A captação nos reservatórios lineares dos quatro parques deve produzir o equivalente a duas barragens do Iraí, ou seja, 116 bilhões de litros de água. O sistema também vai evitar inundações na região metropolitana.

“O objetivo é preservar a riqueza do Rio Iguaçu e fazer a interligação das cavas já existentes para criação de alguns reservatórios lineares”, disse o governador, que se reuniu com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, no começo do mês em Brasília para solicitar recursos para obras que aliviem a crise da estiagem no Paraná.

Além da captação de água, os quatro parques ambientais vão contar com estrutura de lazer para a população, com espaços de recreação, pesca e educação ambiental. O objetivo também é evitar invasões, loteamentos irregulares e aterramento de cavas.

A construção dos parques em si será a primeira etapa do projeto. A Comec já contratou os projetos há alguns anos e neste momento eles passam por revisão, uma vez que impactam os municípios de Curitiba, São José dos Pinhais, Pinhais, Piraquara e Araucária.

Projeto do Parque Metropolitano do Iguaçu
Projeto de como será o Parque Metropolitano do Iguaçu| Divulgação / AEN
4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]