i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Paraná é um dos recordistas

Análise preliminar de sementes misteriosas da China aponta presença de fungos

  • PorEloá Cruz
  • Tribuna do Paraná
  • 06/10/2020 15:26
Sementes da China enviadas ao Paraná
Amostras de sementes da China recebidas misteriosamente no Paraná.| Foto: Divulgação/Adapar

As encomendas provenientes da China, contendo sementes desconhecidas, têm sido recebidas em quase todo o país, tendo o Paraná como um dos principais destinos desse produto misterioso. Dos 26 estados mais o Distrito Federal, apenas o Maranhão e o Amazonas ainda não apresentaram casos, segundo o Ministério da Agricultura. Ao todo, 258 amostras foram entregues para autoridades e 39 seguem em análise no território nacional. Um estudo preliminar já identificou a presença de três tipos de fungos em 25 pacotes. Também foram detectadas bactérias em dois exemplares, além de ácaros vivos em uma das amostras em investigação. Quatro pacotes têm possíveis ervas daninhas não presentes no Brasil.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

Dessas 258 amostras, 26 foram recebidas no Paraná e entregues para a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), órgão ligado à Secretaria Estadual de Agricultura do governo estadual. Duas plantas que teriam brotado dessas sementes também foram coletadas, em Maringá e Londrina. Elas foram recolhidas e seguem em análise. As orientações são de que essas sementes não devem ser plantadas, nem descartadas, mas entregues às autoridades.

As informações foram repassadas pelo Ministério da Agricultura em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (6). A análise laboratorial das sementes deve ser concluída nas próximas semanas. Os estudos devem identificar os tipos de fungos encontrados, assim como as bactérias e também quais são as espécies das plantas de todas as sementes analisadas.

O recebimento de encomendas de sementes tem aumentado no último semestre. Segundo o Ministério da Agricultura, cerca de 5 mil encomendas de sementes chegam ao país todo mês. Em 2019, a média mensal não passava de 2 mil pacotes.

“Como o risco é desconhecido, o alerta é máximo. Com a parcial dessas análises já deu para perceber que estamos agindo certo, fazendo uma medida preventiva adequada. É melhor ter rigor agora, pois o controle pode ser muito pior depois”, explica o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal.

O ministério reforça o alerta à população para que não abra essas encomendas, não descarte no lixo e muito menos plante as sementes vindas pelos Correios. O indicado nesses casos é enviar o material para uma das sedes de defesa agropecuária mais próxima. O plantio dessas sementes pode resultar na introdução de pragas que ainda não estão presentes no país, podendo causar danos irreversíveis à agricultura nacional.

Sementes podem não vir só da China

O Ministério da Agricultura afirma ainda que as sementes misteriosas não estão vindo somente da China. O que dificulta saber de onde as encomendas foram postadas é que muitos pacotes apresentam código de postagem diferente do endereço apresentado na embalagem.

A Embaixada da China no Brasil afirma que pode haver fraude nas etiquetas dos pacotes com sementes. O país asiático reforçou que sementes são consideradas artigos de remessa proibidos pelos correios no país. A China pretende colaborar com as investigações e diz estar à disposição das autoridades brasileiras.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    Marcos

    ± 15 horas

    O que me deixa mais triste é saber que não vai faltar o 'sem-noção' que vai espalhar essa praga em território nacional.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • W

      Willian Cardoso de Souza Jesus

      ± 15 horas

      Até quando ficaremos subservientes à China e iremos tratá-los como um parceiro econômico como qualquer outro (na verdade, como o mais importante), levando em consideração única e exclusivamente o fato de que é o país que mais contribui com a economia do Brasil, mas ao mesmo tempo é uma REAL AMEAÇA À NOSSA SOBERANIA, LIBERDADES e VALORES??? Estamos deixando nossos governantes VENDEREM A ALMA DO BRASIL PARA O DIABO!!! E quando me refiro ao Diabo, é quase no sentido literal, pois o Partido Comunista é hoje o maior SERVO DAS TREVAS e a MAIOR AMEAÇA ao futuro da humanidade!!! Só não enxerga quem não quer ou não tem caráter, compactuando com tudo isso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        marcio

        ± 15 horas

        Além de espalharem a pandemia do Covid-19 no mundo inteiro agora querem infestar a agricultura de outros países com pragas. Pessoas nascidas na China deviam ser impedidas de entrar ou permanecer no país.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.