Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Campanha projeta imagens em prédios de Curitiba para incentivar doação de sangue.
Campanha projeta imagens em prédios de Curitiba para incentivar doação de sangue.| Foto: Daniel Castellano/Divulgação

A Província Marista Brasil Centro Sul (PMBCS) promove no Paraná e em outros cinco estados brasileiros durante o mês de novembro a campanha "Sangue Fraterno", para incentivar a doação de sangue e medula óssea. m Curitiba, mensagens de incentivo ao ato solidário serão projetadas em fachadas de edifícios, em parceria com a Lumibike, que realiza as projeções por meio de equipamentos instalados em uma bicicleta.

O objetivo da mobilização é conscientizar sobre a importância das doações se manterem ativas durante todo o ano, pois a demanda é alta e os estoques já operam no limite. Algo que piorou ao longo da pandemia, com a restrição de circulação e receio de exposição ao vírus. Além da necessidade do sangue em casos de acidentes e traumas, pessoas com doenças crônicas também precisam em determinados tratamentos.

De acordo com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), uma única bolsa de sangue pode salvar a vida de até três pessoas. O ideal é que cada pessoa doe sangue, pelo menos, duas vezes ao ano.

Como participar

Homens podem doar sangue a cada 60 dias (até 4 doações em 12 meses). Mulheres, a cada 90 dias ( 3 doações em 12 meses). Quem puder doar (ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 quilos, estar alimentado e em boas condições de saúde), pode procurar o banco de sangue mais próximo de casa. No Paraná, é possível informar o código 1059 para identificar que realizou a doação motivado pela campanha. Além de compartilhar a ideia nas redes sociais usando #sanguefraterno.

Mais informações no site da campanha.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]