• 03/02/2020 21:06
Minas Gerais

Chega a seis número de mortes que podem ter relação com cerveja contaminada

  • 03/02/2020 21:06
  • PorGazeta do Povo
    Chega a seis número de mortes que podem ter relação com cerveja contaminada
    | Foto: Reprodução/Facebook

    A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais divulgou nesta segunda-feira (3) boletim atualizando para seis o número de mortos que podem ter sido intoxicados com dietilenoglicol. A suspeita é de que as vítimas tenham ingerido a substância ao consumir cervejas da marca Backer. Por enquanto, só houve confirmação laboratorial da intoxicação por dietilenoglicol em uma morte: a vítima era um homem que morreu em 7 de janeiro; os outros casos que resultaram em óbito ainda são investigados e tratados como suspeitos. No entanto, todos estão associados a sinais e sintomas compatíveis com o quadro de intoxicação pela substância. Além dos seis casos que resultaram em mortes, mais 24 pacientes tiveram quadro de compatível com a síndrome nefroneural, causada pelo contaminante (4 deles comprovados). O Ministério da Agricultura identificou, até o momento, 41 lotes contaminados de bebidas produzidas pela cervejaria. As informações são da Agência Brasil.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.