• 31/07/2020 22:43
Improbidade administrativa

Juiz envia ação que pede afastamento de Salles para Florianópolis; MPF recorrerá

  • 31/07/2020 22:43
    • Estadão Conteúdo
    Ricardo Salles
    O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.| Foto: Sergio Lima/AFP

    O Ministério Público Federal informou que irá recorrer de decisão que enviou para Florianópolis pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O processo foi encaminhado após o juiz Márcio de França Moreira, da 8ª Vara Federal do Distrito Federal afirmar que o caso tem relação com um processo julgado em Santa Catarina. A justificativa para a transferência dos autos é um de processo ajuizado por associações ambientais contra Salles, em junho; a ação das entidades, contudo, não foi aceita pela juíza federal substituta Marjôrie Cristina Freiberger, da 6ª Vara Federal. Segundo o Estadão apurou, a Procuradoria irá alegar que o STJ tem o entendimento de que não há conexão entre processos sobre o mesmo tema quando um deles já foi julgado. Logo, a ação contra o ministro não poderia ser enviada para Florianópolis. O recurso pretende que o processo continue na 8ª Vara Federal de Brasília. Salles é acusado de cometer improbidade administrativa em uma série de "atos, omissões e discursos" que demonstrariam a "desestruturação dolosa" de políticas ambientais à frente do Ministério do Meio Ambiente.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.