• 26/10/2020 13:12
Bastidores de Brasília

Ex-Lava Jato diz que Judiciário é a última barreira que protege cofres públicos

  • 26/10/2020 13:12
  • Brasília
kelli-kadanus-bastidores-brasilia
Kelli Kadanus – Bastidores de Brasília| Foto:

O procurador aposentado e ex-integrante da Lava Jato, Carlos Fernando Lima, criticou a fala do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), que defendeu uma nova Constituição para conter juízes e procuradores. “Na promulgação da Constituição de 1988 o deputado federal Ulysses Guimarães enfatizou que o espírito da então nova Constituição era  a de ‘não roubar,  não deixar roubar,  e colocar na cadeia quem roube’. Talvez seja esse o incômodo do deputado Ricardo Barros,  pois a polícia,  o Ministério Público e o Judiciário,  especialmente no primeiro grau,  são as últimas barreiras protegendo os cofres públicos da corrupção sistêmica da nossa política”, disse Lima. Segundo ele, o problema do Brasil é a “incapacidade de limparmos a política brasileira desses que roubam, deixam roubar e impedem que os ladrões fiquem na cadeia”. 

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.